Notícia publicada às 11:57:49 - 28/05/2018 e lida: 4289 vezes   
    
  
  
Em apoio à greve dos caminhoneiros ACIV suspende atividades e convoca população para mega carreata a partir das 15h
Associação Empresarial e Comercial de Vilhena pede que empresários da cidade fechem suas portas como forma de protesto.

Em apoio à greve dos caminhoneiros ACIV suspende atividades e convoca população para mega carreata a partir das 15h
 Em apoio à greve dos caminhoneiros ACIV suspende atividades e convoca população para mega carreata a partir das 15h
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

Em apoio à greve dos caminhoneiros a Associação Empresarial e Comercial de Vilhena (ACIV), irá suspender suas atividades a partir das 14h desta segunda-feira (28) – retornando à normalidade de funcionamento apenas na terça-feira (29) – e pede para que os comerciantes da cidade fechem suas portas como forma de protesto.

A entidade convoca toda a população para participar da carreata que acontece a partir das 15h com início no Posto Trevo saída  para Cuiabá. De lá os manifestantes irão percorrer a BR-364 em direção ao posto Catarinense, saída para Porto Velho, e seguir pela avenida Major Amarante onde haverá concentração na Praça Nossa Senhora Aparecida, Centro. A carreta depois retorna ao local de início no posto Trevo.

 

Greve dos caminhoneiros entra no 7º dia em Rondônia

Em Rondônia a greve dos caminhoneiros chega ao sétimo dia. Na semana passada a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou oito pontos de bloqueio ao longo da BR-364. Em Vilhena houve bloqueio no quilômetro 07 e 27 da rodovia, mas por ordem da Justiça Federal, todas as barricadas foram desfeitas.

Mesmo com as estradas liberadas as cidades enfrentam o desabastecimento de combustível, gás e comida. Em alguns municípios do interior que possuem termoelétricas a energia continua sendo racionada.

 

Sindipetro pede escolta para levar combustível ao interior

Na manhã de domingo (27) o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Rondônia (Sindipetro-RO) informou que pediu ao Governo Estadual, escolta policial para que caminhões tanque levem combustível ao interior do estado.

Apesar da medida, o Sindicato diz não ter uma estimativa de quantos caminhoneiros desejam seguir viagem ao destino final da mercadoria, pois muitos grevistas mantém a paralisação fora das estradas, após ordem da Justiça Federal para desbloqueio de rodovias. A Sindipetro ainda ressalta que não há como precisar quantos dias levará para reabastecer todos os postos do estado.

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.