Notícia publicada às 17:47:53 - 27/05/2018 e lida: 1310 vezes   
    
  
  
Greve dos caminhoneiros provoca cancelamento de audiências e sessões do Poder Judiciário em Rondônia
Greve dos caminhoneiros no país completou 7 dias neste domingo, 27.

Greve dos caminhoneiros provoca cancelamento de audiências e sessões do Poder Judiciário em Rondônia
Greve dos caminhoneiros provoca cancelamento de audiências e sessões do Poder Judiciário em Rondônia
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

Todas as audiências e sessões marcadas para esta segunda-feira (28) nas unidades jurisdicionais do Poder Judiciário de Rondônia estão suspensas por determinação do desembargador Walter Waltenberg Silva Júnior, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia. A decisão divulgada neste domingo (27) considera “as incertezas geradas pelo movimento [grevista] dos caminhoneiros e a necessidade da proteção aos direitos dos cidadãos”.

Os prazos processuais que findariam também na segunda-feira foram prorrogados para o dia subsequente, terça-feira (29), e o Judiciário também terá reduzido o horário de funcionamento das unidades jurisdicionais de todo o Estado para o período das 7h às 13h. O regime de plantão ordinário passa a valer a partir das 13h. Íntegra da decisão

 

Greve dos caminhoneiros

Por causa das recorrentes elevações no preço do combustível a categoria deflagrou greve nacional na segunda-feira (21) em 23 estados do país com bloqueio de rodovias federais e estaduais. Em Rondônia o bloqueio de rodovias começou na terça-feira (22) e fechou oito pontos, dois deles em Vilhena, nos quilômetros 07 e 27.

Desde segunda-feira diversas liminares foram concedidas pela Justiça Federal para liberação de estradas. O último ponto de bloqueio em Rondônia, em Candeias do Jamari, foi desfeito no sábado (26).

>> Após ordem judicial caminhoneiros desbloqueiam rodovias em Rondônia

Os caminhoneiros retiraram os veículos da estrada, permanecendo nas margens das rodovias e continuam parados.

 

Universidade Federal suspende aulas

As aulas de sexta-feira (25) e sábado (26) em todos os campi da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) foram suspensas. A decisão foi tomada pela Administração Superior da instituição devido à paralisação dos caminhoneiros que provocou o desabastecimento de combustível no estado. A UNIR diz que na segunda-feira (28) a Administração “reavaliará a situação e tomará novas medidas”.

 

Leia também

>> Em caravana motoristas promovem “buzinaço” em apoio à greve dos caminhoneiros em Vilhena - VÍDEO

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.