Notícia publicada às 08:30:49 - 23/05/2018 e lida: 501 vezes   
    
  
  
Justiça do Trabalho promove campanha de combate ao trabalho infantil rural
Uma equipe composta por servidores e juízes, estará presente no evento com objetivo de esclarecer sobre as condições de vulnerabilidade dos meninos e meninas e dos agentes agressivos que atingem essas crianças no campo.

Justiça do Trabalho promove campanha de combate ao trabalho infantil rural
Justiça do Trabalho promove campanha de combate ao trabalho infantil rural
Foto: Reprodução

Por
Redação

A Justiça do Trabalho através do Fórum e Varas do Trabalho de Ji-Paraná, participará do 7ª Edição da Rondônia Rural Show, maior feira de agronegócios da região norte, que inicia nesta quarta-feira (23/5) e encerra no sábado, com campanha de conscientização de combate ao trabalho infantil rural.

Uma equipe composta por servidores e juízes, estará presente no evento com objetivo de esclarecer sobre as condições de vulnerabilidade dos meninos e meninas e dos agentes agressivos que atingem essas crianças no campo que são:  vida precária, com alimentação e moradia inadequadas, e situações de riscos psicológicos, sociais, físicos, químicos e biológicos.

Serão distribuídas cartilhas pedagógicas que questiona sobre o trabalho infantil rural com dados de Rondônia, esclarecendo os riscos que ele traz para a saúde e desenvolvimento da criança e do adolescente.

 

Trabalho infantil rural

O trabalho infantil rural, assim como os outros tipos de trabalho infantil, rouba das crianças sonhos e a oportunidade de um futuro melhor. São filhos e filhas de pequenos produtores rurais que, por falta de dinheiro, são empregados em locais perigosos e insalubres, ganhando salários baixíssimos para subsistência.

Muitos pais que são produtores rurais ensinam seus filhos desde pequenos a trabalhar na lavoura, porém, isso também configura trabalho infantil de risco, já que não há equipamento de segurança necessário e muitas vezes, não há formação metodológica e/ou proteção de acidentes de trabalho.

O menor de idade só pode trabalhar na lavoura na condição de aprendiz, seguindo os parâmetros do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e da Constituição: maior de 14 anos, matriculado e frequentando a escola. 

Cartilha pedagógica Trabalho infantil rural

 

 

FONTE: Assessoria

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.