Notícia publicada às 15:27:08 - 16/05/2018 e lida: 754 vezes   
    
  
  
Prefeitura esclarece situação sobre carne imprópria em uma escola
A empresa responsável foi contactada e informada do problema, sendo solicitada a troca imediata de toda carne entregue na escola.

Prefeitura esclarece situação sobre carne imprópria em uma escola
Prefeitura esclarece situação sobre carne imprópria em uma escola
Foto: Semcom

Por
Redação

A Prefeitura de Vilhena, por meio do secretário Clésio Costa, que representa a pasta da Educação (Semed), esclarece sobre a notícia vinculada por um jornal on line local, referente um lote de carne entregue a uma determinada escola e que se encontrava impróprio para consumo.

Na última terça-feira, 15, a empresa responsável, desde a gestão anterior, pelo fornecimento de merenda escolar, empresa essa que venceu processo licitatório, entregou através de uma terceirizada a carne que seria usada para a merenda.

Na manhã desta quarta-feira, 16, as responsáveis pela cozinha da escola em questão, fizeram todo trabalho de verificação da qualidade da carne, onde elas abrem os pacotes entregues e cortam a carne para atestar sua qualidade.

Em um dos pacotes, com cerca de 4 kg, foi encontrada uma parte que chamou a atenção das merendeiras. Elas então, entraram em contato com a adjunta da Semed, Cristiane Ortiz, e esta por sua vez solicitou apoio de uma das nutricionistas da secretaria e da Vigilância Sanitária para identificar a veracidade do fato.

Após verificação da carne, foi constatado que a carne apresentava odor, aspecto de cor suspeita e que possivelmente seria imprópria para consumo.

A empresa responsável foi contactada e informada do problema, sendo solicitada a troca imediata de toda carne entregue na escola.

Após isso, a equipe de nutricionistas da Semed decidiu visitar todas as escolas municipais para verificar a carne entregue nesta semana. Sendo
que cinco escolas já foram visitadas nesta manhã e em nenhuma delas foi constatado problemas de má qualidade, tanto na carne vermelha, quanto na carne de frango, já entregues.

O problema encontrado especificamente em uma escola, se trata de
armazenamento por parte da terceirizada. A carne que fica armazenada em
lotes, ou seja, pacotes empilhados, pode em alguns casos não refrigerar
por completo, como é o caso da parte que fica no meio dos volumes empilhados.

O prefeito Adilson de Oliveira tem o compromisso com a população de
manter a qualidade da merenda escolar, e não permitir que alimentos
impróprios ou de má qualidade cheguem até os alunos.

 

 

 

FONTE: Semcom

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.