Notícia publicada às 18:52:38 - 08/05/2018 e lida: 2073 vezes   
    
  
  
VILHENA: Secretário de Agricultura e servidores se desentendem por causa de combustível
Os servidores narraram ainda que o secretário os chamou de “puxa saco dos Donadons”.

VILHENA: Secretário de Agricultura e servidores se desentendem por causa de combustível
VILHENA: Secretário de Agricultura e servidores se desentendem por causa de combustível
Foto: Divulgação

Por
Redação

Os servidores públicos municipais lotados na secretaria de Agricultura (Semagri), André Sebastião Muniz e Clotilde Muniz de Oliveira, registraram nesta terça-feira (8) na Polícia Civil de Vilhena, um boletim de ocorrência contra o titular da pasta, Antônio José de Oliveira Junior, popular Júnior Pintor.
 
Na ocorrência policial os servidores narram que estão sendo maltratados pelo atual secretário desde que ele assumiu a titularidade da pasta, e o estopim para que o caso fosse parar na polícia aconteceu na manhã desta terça-feira. Junior Pintor teria solicitado a André uma requisição para abastecer um veículo, no entanto, o servidor, concursado desde setembro de 2014 e responsável pelo setor de controle de abastecimento dos veículos da secretaria, informou que primeiro era necessário fazer uma planilha de gastos ou ainda solicitar junto à Comissão Permanente de Licitações (CPL), onde trabalha Clotilde Muniz, a abertura de um pregão de emergência para a compra do combustível, entretanto, Junior Pintor não teria gostado da explicação dada e passado a ofender os servidores. Clotilde faz parte do quadro de servidores estatutários desde julho de 2009.
 
Os servidores narraram ainda que o secretário os chamou de “puxa saco dos Donadons”, e desde que assumiu a pasta vem questionando a capacidade deles para trabalharem na secretaria.
 
O OUTRO LADO
 
Desde a manhã desta terça-feira, o VILHENA NOTÍCIAS tentou via telefone contato com o secretário, que não atendeu aos chamados. No entanto, ele fez declarações públicas em outro veículo de comunicação da cidade, onde tratou o caso como “banalidade” e lamentou que tenha “virado caso de polícia”. Ele confirmou ter se exaltado com André, mas negou que tenha maltratado os servidores. Junior pontou também que é pintor e de origem humilde, e que respeita “desde o mais simples ao grande empresário”.
 
O secretário destacou que se exaltou com o servidor porque há uma semana vinha “cobrando o fornecimento de combustível para colocar o maquinário [da prefeitura] para trabalhar na área rural”, e que foi pessoalmente ao posto de combustível que tem contrato com a prefeitura, e lá confirmou que a Semagri ainda tem um crédito de R$ 9 mil em gasolina e R$ 11 mil de diesel.
 
Ainda segundo Junior o próprio prefeito Adilson de Oliveira (PSDB) teria entrado em contato com o servidor, e que ele teria afirmado haver disponível apenas 500 litros de combustível, entretanto, “com o crédito disponível no posto a pasta teria ainda disponível mais de 3 mil litros de diesel e 2 mil litros de gasolina”, concluiu o secretário.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.