Notícia publicada às 23:38:55 - 03/05/2018 e lida: 651 vezes   
    
  
  
Casal cai em golpe na saída de banco e perde mais de R$ 3 mil em Vilhena
Vítimas vieram à cidade para sacar o FGTS e dar entrada no seguro-desemprego. Polícia Civil investiga o caso, mas os suspeitos ainda não foram presos.

Casal cai em golpe na saída de banco e perde mais de R$ 3 mil em Vilhena
Casal cai em golpe na saída de banco e perde mais de R$ 3 mil em Vilhena
Foto: Vilhena Notícias

Por
Redação

Um casal perdeu mais de R$ 3 mil após cair em um golpe na saída do banco, no Centro de Vilhena. Eles contaram à Polícia Militar (PM) que foram enganados por dois homens na quarta-feira (2). As vítimas vieram de Comodoro (MT) para sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e dar entrada no seguro-desemprego. A Polícia Civil investiga o caso, mas os suspeitos ainda não foram presos.

O casal contou que sacou a quantia de R$ 3 mil. Na saída da agência bancária, viram um homem, de aproximadamente 50 anos, guardando a carteira no bolso. No entanto, o acessório caiu no chão e uma das vítimas pegou e devolveu ao suspeito.

O estelionatário agradeceu a ação e um segundo suspeito apareceu e começou a elogiar a atitude das vítimas, dizendo que mereciam uma gratificação. Em seguida, o homem que havia supostamente perdido a carteira contou que trabalhava em um escritório de contabilidade e que o patrão dele iria pagar uma recompensa ao casal.

Os homens levaram as vítimas até a Avenida Capitão Castro, onde estaria localizado o suposto escritório. Um deles pediu para o casal aguardá-lo próximo ao local, pois o patrão estava em reunião e queria falar com ele.

O estelionatário entregou às vítimas um pacote com maço de dinheiro e saiu. Depois de 10 minutos retornou e disse ao casal que o patrão queria conhecê-los, porque eram pessoas honestas. O suspeito informou o endereço e alegou que eles poderiam ir ao escritório sem a companhia dele.

Contudo, o suspeito pediu a bolsa da mulher como garantia. As vítimas foram ao endereço informado, mas não localizaram a empresa. Quando retornaram, os suspeitos tinham desaparecido.

Na bolsa havia o valor sacado mais R$ 300, além de vários documentos pessoais. No envelope deixado pelo suspeito tinha duas notas promissórias e o maço de dinheiro, que era uma nota de R$ 50 enrolado em papéis em branco.

A PM fez buscas pela região, mas não localizou os suspeitos.

 

 

FONTE: G1/Vilhena

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.