Notícia publicada às 14:02:28 - 05/05/2018 e lida: 583 vezes   
    
  
  
Projetos de valorização dos profissionais da Educação foram reforçados na Câmara
Gestão Democrática e descentralização de recursos da Educação form lidas em sessão da Câmara de Vereadores

Projetos de valorização dos profissionais da Educação foram reforçados na Câmara
Projetos de valorização dos profissionais da Educação foram reforçados na Câmara
Foto: Dicom

Por
Redação

Na tarde de quarta-feira, 02, o secretário de Educação, Clésio Cássio, se reuniu com o vereador Samir Ali para ajustar dois projetos que já são parte dos planos do novo chefe da pasta.

A Gestão Democrática e a Descentralização de Recursos são projetos de autoria do vereador Samir Ali, porém, havia resistência da gestão anterior em sua aprovação, agora com o apoio do secretário que já defende essa bandeira, busca celeridade em sua aprovação.

Já na sessão da Câmara de Vereadores desta quarta-feira, os dois projetos estavam na pauta para leitura e serão discutidos nas próximas semanas. Clésio ressaltou que o prefeito Adilson de Oliveira é um dos grandes apoiadores desta iniciativa e que tem o seu val, pois é preciso e necessário valorizar os profissionais da Educação.

Tanto a Gestão Democrática quanto a Descentralização de Recursos são pedidos também da comunidade da Educação. Em uma das visitas feitas pelo secretário Clésio nas escolas, ele pode ouvir de uma professora que se a Gestão Democrática fosse aprovada, ela já estaria feliz.

O fim das indicações para diretor e vice é um anseio dos servidores da Educação, que acabaram por muitas vezes vendo diretores agirem com "punho de ferro" por serem aliados dos chefes do Executivo.

Na Gestão Democrática, a comunidade escolar participa da tomada de decisões, sendo ouvidos para escolhas da direção, colaborando na gestão da escola e podendo compor com aqueles que consideram mais apto estar à frente do colégio.

No caso da Descentralização de Recursos, terá alguns entraves para ser colocada em prática, já que para isso, as dívidas das escolas precisam estar quitadas. Atualmente, apenas duas escolas estão quitadas.

O vereador Samir Ali disse que vai estudar sobre a questão das dívidas. “A princípio vamos trabalhar sobre os recursos de manutenção, mas também queremos a descentralização, mas nosso projeto também engloba a autonomia das escolas para a compra da merenda escolar", relatou.

Ele destacou ainda que, “hoje para uma escola trocar uma fechadura danificada é preciso fazer o pedido a Semed, para que ela abra um processo e só então esse problema seja resolvido, são 29 escolas do município, o tempo que leva para que questões simples sejam resolvidas é muito longo, mas a escola não tem recursos para resolver esses problemas. Com a descentralização vamos pular etapas desnecessárias", finalizou o vereador.

 

 

 

FONTE: Dicom

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.