Notícia publicada às 21:14:48 - 01/05/2018 e lida: 3541 vezes   
    
  
  
No interior de Rondônia jovem é preso depois de divulgar blitz da Operação Lei Seca através do WhatsApp
O autor da postagem foi localizado, recebeu voz de prisão e foi conduzido à Unisp local.

No interior de Rondônia jovem é preso depois de divulgar blitz da Operação Lei Seca através do WhatsApp
No interior de Rondônia jovem é preso depois de divulgar blitz da Operação Lei Seca através do WhatsApp
Foto: Reprodução

Por
Redação

Na cidade de Machadinho do Oeste, interior de Rondônia, um jovem de 23 anos acabou preso na madrugada do último domingo (29) depois de ter divulgado através do aplicativo WhatsApp o local onde era feita uma blitz da Operação Lei Seca. A polícia fazia abordagens no Centro da cidade.

De acordo com o jornal Gazeta Central, “um integrante da equipe que participava da operação recebeu em seu celular o print screen de uma postagem onde era divulgada, em um grupo do WhatsApp, a blitz que estava ocorrendo naquele dia, com o seguinte teor: Lei secar fzr Hun ótimo trabalho Aki na rua do tem tem, tlgd [sic]”.

Ainda segundo a Gazeta, o rapaz foi visto nas proximidades do local onde a blitz era realizada, e ao ser abordado acabou confirmando ser sua a mensagem divulgada através do aplicativo informando a operação. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a Unisp.

A prática de divulgar informações sobre blitzes de trânsito pode ser considerado um ato criminoso com base no artigo 265 do Código Penal. Pelo texto, o ato é tido como um atentado contra a segurança ou o funcionamento de qualquer outro serviço de segurança pública. A pena é de reclusão de um a cinco anos e multa.

 

 

FONTE: Com informações da Gazeta Central

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.