Notícia publicada às 16:12:33 - 27/04/2018 e lida: 1223 vezes   
    
  
  
Delegado indicia homem que tentou matar amante da esposa enquanto ele dormia
Semanas depois do crime o agressor acabou sendo solto para aguardar o processo em liberdade, e manteve o relacionamento com a esposa.

Delegado indicia homem que tentou matar amante da esposa enquanto ele dormia
 Delegado indicia homem que tentou matar amante da esposa enquanto ele dormia
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

A Polícia Civil de Vilhena indiciou no último dia 20 de abril, Gilmar do Carmo Piricin por tentativa de homicídio qualificado. A investigação conduzida por Núbio Lopes de Oliveira (Foto), delegado titular da Divisão de Homicídios do município, concluiu que Gilmar foi o autor das facadas que deixou ferido em estado grave, Fernando Gomes de Azevedo. O crime aconteceu em 16 de maio de 2011, no distrito do Guaporé, e a vítima foi surpreendida dentro de sua própria casa durante o sono.

Segundo a polícia, Gilmar descobriu que a esposa mantinha um relacionamento extraconjugal com Fernando, o que teria motivado o ataque.

A trama

De acordo com apurações da polícia, Gilmar conheceu uma profissional do sexo de nome Edivânia, e com ela iniciou um relacionamento. Depois de um tempo vivendo juntos, Edivânia conheceu um segundo homem, o Fernando, com quem deu início a uma relação extraconjungal.

Ainda segundo levantado nas investigações, Gilmar descobriu que estava sendo traído e localizou a casa onde os encontros amorosos da esposa com Fernando aconteciam. E lá, na noite do dia 16 de maio daquele ano, ocorreu o flagrante da traição. Fernando estava dormindo ao lado da amante e foi surpreendido e golpeado por várias vezes, mas mesmo ferido conseguiu se levantar e correr para a rua, onde pediu por socorro. Já a esposa de Gilmar que tentou impedir as agressões ficou ferida, mas sem gravida, ao tentar tomar a faca das mãos do marido.

Gilmar foi preso em flagrante ainda próximo ao local do crime, e Fernando foi trazido para Vilhena onde se recuperou dos ferimentos.

Agressor é solto e vítima acaba atrás das grades

Semanas depois do ocorrido Gilmar acabou sendo solto para aguardar o processo em liberdade, e continuou vivendo com Edvânia, pivô do crime. Já Fernando foi parar atrás das grades, pois a polícia descobriu que ele havia praticado crimes na região de Cerejeiras.

O processo sobre a tentativa de homicídio ainda corre na Justiça. Se condenado, Gilmar poderá ser preso.

 

Leia também

Polícia conclui caso de vendedor de redes que filmou seu algoz minutos antes de ser esfaqueado – VÍDEO

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.