Notícia publicada às 10:17:21 - 25/04/2018 e lida: 1819 vezes   
    
  
  
Elenco do Barcelona suspende treinos no CT do clube por falta de salários
Time tem compromisso no próximo domingo, 29, pela Série D do Brasileirão.

Elenco do Barcelona suspende treinos no CT do clube por falta de salários
Elenco do Barcelona suspende treinos no CT do clube por falta de salários
Foto: Rogério Perucci

Por
Renato Spagnol

Desmotivados com o atraso de salários os jogadores do elenco do Barcelona F.C de Vilhena decidiram interromper as atividades de treinamentos no CT do clube na segunda-feira, dia 23 de abril. O Vilhena Notícias ouviu de um dos atletas que há 3 meses os salários não são pagos. Além dos jogadores outros funcionários do time também estão com pagamentos atrasados.

A equipe embarcou (às 23h de terça-feira, 24) para a capital Porto Velho, onde enfrenta na quinta-feira (26) às 20h no estádio Aluízio Ferreira, o time do Genus. Antes da viagem, alguns jogadores chegaram a dizer que não embarcariam em decorrência da falta de pagamento.

A tensão entre jogadores e direção do clube pode afetar outra competição. O time encara no dia 29 de abril, no estádio Navegantão no Amapá, o time do Santos-AP pela Série D do Brasileirão.

O outro lado

José Luís Pereira de Jesus, o Zé Luís, que reassumiu a presidência do time no segundo turno do campeonato Rondoniense, para colocar a casa em ordem, descarta uma crise no elenco, mas confirmou o atraso de salário: “o atraso existe, mas é de 60 dias, e isso será resolvido ainda essa semana”.

O presidente foi o principal mediador para que os atletas embarcassem para o confronto de quinta-feira contra o Genus. Ele explicou que ocorreu um bloqueio de repasse financeiro de um dos principais patrocinadores do time, o que acabou gerando o atraso de salários.

“Os vencimentos dos atletas, e demais profissionais do clube serão pagos até sexta-feira [27]”, garante o presidente.

Má gestão

O Vilhena Notícias ouviu de pessoas ligadas ao Barcelona que o problema envolvendo a situação financeira do time teve início na gestão de Adriano Ferreira, ex-gerente de futebol do clube. Dentre uma de suas ações, que gerou inclusive desconforto entre os atletas, foi o pagamento de salário oferecido a um irmão que atua como atacante do time. O valor seria muito superior à média dos outros atletas e isso teria causado um desequilíbrio nas finanças do time.

A reportagem tentou sem sucesso contato com o ex-gerente.

 

Leia também

Depois de tirar time do Estadual Gaúcho do Milho é pressionado a deixar presidência do VEC

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.