Notícia publicada às 14:06:07 - 24/04/2018 e lida: 697 vezes   
    
  
  
Implantação das faixas elevadas inicia na próxima semana em Vilhena
O contrato para implantação das faixas foi assinado pela prefeita Rosani Donadon

Implantação das faixas elevadas inicia na próxima semana em Vilhena
Implantação das faixas elevadas inicia na próxima semana em Vilhena
Foto: Semcom

Por
Redação

Com objetivo de reduzir o número de acidentes de trânsito em Vilhena a prefeitura vai implantar mais de 30 faixas elevadas nas ruas e avenidas do município.

O contrato para implantação das faixas elevadas foi assinado pela prefeita Rosani Donadon nesta segunda-feira, 23, e contou com a presença de várias autoridades do município, entre elas os secretários municipais César Stefanes (Trânsito), Valdiney Campos (Obras), Raquel Donadon (Educação), e o ex-prefeito Melki Donadon.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran), as faixas começarão a ser implantadas na próxima semana.

De acordo com César Stefanes, as faixas vão contribuir para reduzir a velocidade dos veículos e garantir segurança aos pedestres e também proporcionar acessibilidade as pessoas portadoras de necessidades especiais.

César Stefanes ressaltou que o recuso no valor de R$ 544 mil para implantação das faixas é resultado de um convênio entre a prefeitura de Vilhena e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia.

A prefeita de Vilhena, Rosani Donadon disse que está trabalhando empenhada para melhorar o trânsito de Vilhena. “Estamos investindo na sinalização das ruas e avenidas para proporcionar segurança aos pedestres e motoristas. A vida vem em primeiro lugar! Tenho certeza que a implantação das faixas elevadas vai ajudar a reduzir o número de acidentes de trânsito em Vilhena”, afirmou a prefeita.

 

 

FONTE: Semcom

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.