Notícia publicada às 16:01:42 - 19/04/2018 e lida: 1071 vezes   
    
  
  
Acusado de matar genro a facadas é condenado a 18 anos de prisão em Colorado
Vítima morreu aos 29 anos, tentando defender a sogra

Acusado de matar genro a facadas é condenado a 18 anos de prisão em Colorado
Acusado de matar genro a facadas é condenado a 18 anos de prisão em Colorado
Foto: Reprodução

Por
Redação

O Tribunal do júri da Comarca de Colorado do Oeste condenou a mais de 18 anos de prisão em regime fechado, Elias Alves Pereira, acusado de matar a facadas, o genro Edevaldo Motta da Silva, no dia 03 de setembro do ano passado em uma casa no bairro Cruzeiro, no mesmo município onde foi condenado. À época dos fatos a vítima estava com 29 anos, era casado e tinha dois filhos menores.

>> Após bebedeira homem mata o genro a facadas em Colorado

De acordo com os autos a família estava reunida, quando “Elias, depois de ingerir bebida alcoólica em excesso passou a desrespeitar e insultar a esposa, pois ela, em seu depoimento disse que, sempre que o marido estava embriagado, dizia que iria lhe matar, caso a mesma lhe deixasse. Conforme relatado em juízo, quando Elias tentou atacar a companheira, Edevaldo se colocou a frente, sofrendo o golpe fatal”.

Na época do crime a esposa da vítima estava no estado de São Paulo, acompanhando o tratamento de saúde do filho caçula. Ela não conseguiu retornar a tempo para Colorado para velar o marido.

Na sentença o júri condenou Elias em 4 anos e 8 meses por tentativa de homicídio contra sua companheira, e 14 anos pelo homicídio qualificado contra Edevaldo, totalizando sua sentença em 18 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado.

 

 

FONTE: Com informações do Conesul Acontece

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.