Notícia publicada às 16:56:27 - 05/04/2018 e lida: 278 vezes   
    
  
  
Vereadores se reúnem com alunos da UNIR para buscar formas de impedir o fim do curso de Jornalismo em Vilhena
Os acadêmicos questionam a retirada do curso de jornalismo do campus Vilhena e a abertura do curso apenas em Porto Velho.

Vereadores se reúnem com alunos da UNIR para buscar formas de impedir o fim do curso de Jornalismo em Vilhena
Vereadores se reúnem com alunos da UNIR para buscar formas de impedir o fim do curso de Jornalismo em Vilhena
Foto: Divulgação/Assessoria

Por
DICOM/Câmara-Vha

Na manhã desta quinta-feira, 05, alunos de jornalismo da Universidade Federal de Rondônia - UNIR - se reuniram com os vereadores Adilson de Oliveira (PSDB), Samir Ali (PSDB), Rafael Maziero (PSDB), Wilson Tabalipa (PV) e Ronildo Macedo (PV).

Os acadêmicos questionam a retirada do curso de jornalismo do campus Vilhena e a abertura do curso apenas em Porto Velho. Para os alunos, que se reuniram com os vereadores, a retirada do curso de Vilhena é uma perda para a cidade. 

Outro ponto que os alunos questionam é o de não haver um debate mais amplo e transparente, já que a decisão de encerrar o curso em Vilhena foi uma decisão tomada por apenas uma parte dos professores e administradores da faculdade.

"Um dos professores ficou sabendo disso por conversas de corredor, já que não houve um debate com todos os alunos e professores", disse uma das alunas.

Diante dos pedidos feitos pelos alunos, os vereadores se propuseram a buscar uma audiência pública, com representantes da reitoria da universidade, autoridades políticas, professores, alunos e também a sociedade em geral. 

O Vereador Samir Ali se dispôs também a ir até Porto Velho na próxima semana para se reunir com o reitor da universidade e começar o debate para encontrar um caminho que não seja de perda para cidade.

"Recentemente foi comprado material especificamente para o laboratório de jornalismo, foi feito um investimento com dinheiro público que se o curso for fechado, é um valor perdido", relatou outra aluna.

Além de Samir, o Presidente da Câmara, Adilson de Oliveira e o vereador Rafael Maziero irão buscar apoio dos deputados para tratar do assunto e encontrar mecanismos que impeçam a perda deste curso na cidade de Vilhena.

Já neste ano, não foram abertas vagas para novas turmas para jornalismo, o que demonstra que o final do curso é questão, já que a última turma se formaria em 2022.

Segundo a reitoria, o motivo da retirada do curso, seria a grande evasão de alunos e a baixa procura, acreditando que em Porto Velho o curso seria melhor aproveitado.

 

 

FONTE: DICOM - Câmara de Vilhena

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.