Notícia publicada às 22:41:37 - 03/04/2018 e lida: 502 vezes   
    
  
  
Governo lança nesta semana programa Título Já em Chupinguaia
O Título Já é o maior programa de regularização fundiária realizado em Rondônia. A meta é documentar 70 mil imóveis urbanos.

Governo lança nesta semana programa Título Já em Chupinguaia
Governo lança nesta semana programa Título Já em Chupinguaia
Foto:

Por
Redação

Com objetivo de beneficiar 2.437 famílias com renda de até cincos salários mínimos, o governo de Rondônia e a prefeitura de Chupinguaia vão realizar nesta quinta-feira (5), às 10h, na Câmara de Vereadores, a solenidade de abertura do Programa Estadual de Regularização Fundiária Urbana “Título Já”.

Segundo a superintendente Estadual de Patrimônio e Regularização Fundiária (Sepat), Iaf Azamor, o maior programa social da história de Rondônia de regularização fundiária urbana ‘Título Já’ chegou em Chupinguaia para contemplar moradores dos bairros Cidade Alta, Cidade Nova I, II e III, dos setores Mistos e 10 e dos distritos de Guaporé e do Corgão.

Iaf informou que no início do mês de março uma frente de trabalho executou atividades do programa Título Já em diversos municípios, entre eles, Chupinguaia.  “Lá em Chupinguaia, a gerente de regularização fundiária urbana da Sepat, Hannyellen Alecrim, capacitou servidores do município que vão executar o cadastramento das propensas famílias que irão ser beneficiada pelo programa”, explicou.

O Título Já é o maior programa de regularização fundiária realizado em Rondônia. A meta é documentar 70 mil imóveis urbanos. É uma iniciativa do governo estadual em parceria com a prefeitura, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça e Associação dos Notários e Registradores do Estado de Rondônia (Anoreg).

 

 

FONTE: SECOM - GOV/RO

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.