Notícia publicada às 12:26:04 - 29/03/2018 e lida: 864 vezes   
    
  
  
Deputados assinam documento para trancar pauta de votação na ALE até que governo decida sobre greve dos professores
A greve geral completa 36 dias.

Deputados assinam documento para trancar pauta de votação na ALE até que governo decida sobre greve dos professores
Deputados assinam documento para trancar pauta de votação na ALE até que governo decida sobre greve dos professores
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

Quinze deputados de Rondônia assinaram na terça-feira (27) um documento onde se comprometem com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia (Sintero), a trancar a pauta (não vota projetos) na Assembleia Legislativa (ALE) até que Confúcio Moura (MDB), governador do estado, se posicione e tome medidas urgentes acerca das reivindicações dos professores da rede estadual, em greve desde o dia 21 de fevereiro. Ontem, quarta-feira (28) nenhum projeto foi votado na ALE. A próxima sessão acontece na terça dia 03 de abril e o Sintero espera que Confúcio apresente proposta satisfatória à categoria.

>> Entenda por que os professores estão em greve

O documento foi assinado pelos deputados: Adelino Folador (DEM), Aélcio da TV (PP), Geraldo da Rondônia (PSC), Airton Gurgacz (PDT), Alex Redano (PRB), Dr. Neidson (PMN), Ermínio Coelho (PDT), Laerte Gomes (PSDB), Leo Moraes (PTB), Luizinho Goebel (PV), Marcelino Tenório (PRP), Maurão de Carvalho (MDB), Ribamar Araújo (PR), Saulo Moreira (PDT) e Só na Bença (MDB). Parlamento é composto por 24 deputados.

Outro recurso usado pelos profissionais da educação para pressionar o governador foi o trancamento da BR-364: segundo o Sintero o objetivo da manifestação foi chamar a atenção da sociedade rondoniense para o descaso com que o governo trata a educação. Na terça-feira em Vilhena, mais de 300 pessoas, entre estudantes, técnicos e professores, fecharam a rodovia por 10 horas.  O sindicato ainda liderou bloqueios em outros dois pontos da BR.

>>> Após bloqueio da BR-364, governador Confúcio sinaliza acordo e rodovia é aberta pelos grevistas

A greve geral completa 36 dias e uma reunião entre as partes estava agendada para ontem quarta-feira (28), mas a assessoria do Governo e nem mesmo a direção do Sintero se manifestou sobre o resultado do encontro. As reivindicações presentes na proposta, de Plano de Valorização da categoria, foram apresentadas em 2017, segunda a categoria.

Deputados assinam documento para trancar pauta de votação na ALE até que governo decida sobre greve dos professores

(Foto: Sintero)

(Foto: Sintero)

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.