Notícia publicada às 16:50:27 - 23/03/2018 e lida: 698 vezes   
    
  
  
Homem que cometeu assassinato há 10 anos é condenado, mas ficará em liberdade
O julgamento desta sexta ocorreu perante o Egrégio Tribunal do Júri do Fórum Desembargador Leal Fagundes em Vilhena

Homem que cometeu assassinato há 10 anos é condenado, mas ficará em liberdade
Homem que cometeu assassinato há 10 anos é condenado, mas ficará em liberdade
Foto: Renato Spagnol

Por
Redação

Saiu hoje, sexta-feira (23) a condenação de 6 anos e 6 meses de prisão imposta a Nelson Rodrigues da Costa, acusado de ter participado 10 anos atrás do homicídio que teve como vítima José Arantes de Souza. O crime aconteceu em uma casa da rua Marechal Rondon no dia 24 de fevereiro de 2008, e o comparsa de Nelson na morte, Damião Robenildo Santos, foi submetido a julgamento e condenado a 8 anos de prisão em março do ano passado.

Segundo levantado no curso do processo, a vítima tinha problemas envolvendo dívidas de terras, e sua morte teria sido encomendada. O suposto mandante do crime foi julgado em 2017 e absolvido.

O julgamento desta sexta ocorreu perante o Egrégio Tribunal do Júri do Fórum Desembargador Leal Fagundes em Vilhena. A juíza que proferiu a sentença, Liliane Pegoraro Bilharva, concedeu a Nelson o direito de recorrer em liberdade.

Leia íntegra da sentença aqui.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.