Notícia publicada às 09:43:45 - 06/03/2018 e lida: 3476 vezes   
    
  
  
Elly Barros, vilhenense diagnosticada com doença rara, morre no Paraná
Notícia foi dada pelo marido no Facebook.

Elly Barros, vilhenense diagnosticada com doença rara, morre no Paraná
Elly Barros, vilhenense diagnosticada com doença rara, morre no Paraná
Foto: Reprodução / Facebook

Por
Aline Rayane

Elly Barros, vilhenense diagnosticada com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), morreu na madrugada desta terça-feira, 6 de março, no Paraná. A notícia de seu falecimento foi dada através da rede social Facebook pelo marido, Edson Barbosa.

De acordo com o esposo, ela estava internada na UTI quando sofreu uma embolia pulmonar e contraiu uma infecção. Às 5h15 não resistiu e foi a óbito.

Elly descobriu a doença em 2014, quando morava em Vilhena, onde estudava serviço social. Na época, ela estava grávida de sete meses e precisou ir para Campinas (SP), depois com a família se mudou para Araucária (PR).

Em 2017, a doença havia avançando e Elly já não tinha movimentos do corpo e só comunica pelo movimento dos olhos.

Leia: Esposo de Elly Barros faz clamor em rede social para pedir ajuda; Ele diz “despir-se do orgulho” em prol da família

Marido de Elly Barros cria perfil em aplicativo onde pessoas podem doar dinheiro sem gastar nada; saiba como ajudar

A doença

A ELA é uma doença rara que atingi as células nervosas, elas se quebram e reduz a funcionalidade dos músculos aos quais dão suporte. A causa é desconhecida. Medicação e terapia podem retardar e reduzir o desconforto, mas a ELA não tem cura.

 

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.