Notícia publicada às 11:23:28 - 05/03/2018 e lida: 2081 vezes   
    
  
  
Em Vilhena, suspeito de tráfico de drogas marca encontro com a polícia sem saber e é preso em flagrante
Homem ligou para celular apreendido e ofereceu drogas para a própria polícia. Ele trazia as substâncias de Pimenteiras do Oeste e vendia em Vilhena.

Em Vilhena, suspeito de tráfico de drogas marca encontro com a polícia sem saber e é preso em flagrante
Em Vilhena, suspeito de tráfico de drogas marca encontro com a polícia sem saber e é preso em flagrante
Foto: Aline Rayane

Por
Aline Rayane

Um homem de 40 anos foi preso após ligar para celular apreendido pela Polícia Militar (PM) e marcar encontro para comercializar drogas. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira, 5 de março, em Vilhena. Suspeito contou aos militares que trazia as substâncias de Pimenteiras do Oeste.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM registrava uma outra ocorrência quando um celular apreendido tocou. A polícia atendeu a ligação e se deparou com o homem oferecendo R$80 de drogas.  

O suspeito marcou um encontro com a polícia em um posto de gasolina localizado na Avenida Melvin Jones, achando que se tratava do dono do celular. Os militares foram até o local marcado e abordaram o suspeito em uma motoneta. Com ele foram encontrados 2 invólucros de pasta base de cocaína.

À polícia, o suspeito confessou que venderia os invólucros por R$80 cada. Ele conduziu os militares até a residência onde mora e lá foram encontrados mais 27 gramas da mesma droga. Ele disse ainda que trazia as substâncias de Pimenteiras do Oeste e vendia em Vilhena.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). O conteúdo encontrado com ele e a motoneta utilizada para a entrega das drogas também foram apreendidos.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.