Notícia publicada às 09:23:10 - 19/02/2018 e lida: 3978 vezes   
    
  
  
Alunas da escola Tiradentes de Vilhena estão desaparecidas
Foram vistas pela última vez por volta das 13h de domingo.

Alunas da escola Tiradentes de Vilhena estão desaparecidas
Alunas da escola Tiradentes de Vilhena estão desaparecidas
Foto: Arquivo Pessoal

Por
Renato Spagnol

Por volta do meio dia de domingo, 18, a adolescente Flávia Alessandra da Costa Santos (Foto), de 13 anos, saiu da residência onde vive com os pais, no bairro Embratel, próximo ao posto Ouro Verde, em Vilhena, e não retornou para casa.

Por telefone o Vilhena Notícias conversou com a senhora Viviane Costa, mãe da menor. Ela diz que a filha saiu de casa acompanhada de uma amiga de nome “Kleo Sthefany” Coutinho. 'Kleo' também está desaparecida. Ainda segundo a genitora, as adolescentes almoçaram na casa da avó da 'Kleo', que reside no mesmo bairro, mas próximo às 13h00 elas saíram e não deram mais notícias.

“Uma tia da ‘Kleo’ me disse que elas saíram de lá [casa da avó] dizendo que viriam para a minha casa tomar tererê, mas aqui não apareceram”, conta Viviane.

A família narra que já procurou pelas meninas em casas de amigos e parentes, mas ninguém as viu.

“Minha filha nunca fica sem dar notícias por tanto tempo, é a primeira vez que isso acontece”, lamenta Viviane Costa.

A reportagem também entrou em contato com o Colégio Militar Tiradentes, onde estudam as garotas. Segundo a unidade de ensino, as meninas não compareceram à escola nesta segunda, 19.

A família pede ajuda para encontrar Flávia e "Kleo", e qualquer informação sobre o paradeiro delas podem ser repassadas ao número (69) 9 9224-8302 – falar com Viviane - ou ainda no 190 da Polícia Militar e no (69) 3322-3001 da Polícia Civil.

Um boletim de ocorrência registrado na Unisp.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.