Notícia publicada às 11:40:27 - 30/01/2018 e lida: 1025 vezes   
    
  
  
Funcionária de loja cai no “golpe da lista telefônica” em Vilhena; entenda como a fraude é aplicada
Ela assinou um documento de concordância com o pagamento de 12 parcelas no valor de R$ 398,00.

Funcionária de loja cai no “golpe da lista telefônica” em Vilhena; entenda como a fraude é aplicada
Funcionária de loja cai no “golpe da lista telefônica” em Vilhena; entenda como a fraude é aplicada
Foto: Ilustrativa

Por
Renato Spagnol

Uma jovem de 21 anos, funcionária de uma loja de perfumaria do Centro de Vilhena, caiu no “golpe da lista telefônica”.

A vítima contou à polícia que no dia 14 de dezembro do ano passado, um homem ligou para a empresa onde ela trabalha oferecendo o serviço de atualização cadastral da loja em uma lista telefônica. O estelionatário disse que o procedimento era fácil, e enviou um formulário por e-mail para que fosse preenchido.

Ainda em declarações à polícia, a moça disse que depois de preencher e assinar o documento, o reenviou para a suposta atualização de cadastro da loja, no entanto, ela não percebeu que no documento, escrito em letras pequenas, havia uma concordância com o pagamento de 12 parcelas no valor de R$ 398,00.

Passados cerca de 40 dias, a vítima recebeu um novo telefonema, e desta vez era uma cobrança de duas parcelas atrasadas referentes à atualização do cadastro, ela então decidiu pedir o cancelamento, e a empresa disse que enviaria por e-mail um novo formulário para proceder com a solicitação, no entanto, neste documento constava a cobrança de multa de cancelamento no valor de R$ 1.337,28. A moça não pagou o valor, e procurou a Unisp na segunda-feira, 29 de janeiro, para registrar um boletim de ocorrência.

ALERTA

Um golpe da lista ou golpe da lista telefônica é uma tentativa de extorquir dinheiro de uma empresa ou profissional sob a falsa alegação de que se trata de um anúncio em lista telefônica.

A vítima recebe uma ligação solicitando a assinatura de um documento que segundo os golpistas é uma confirmação de endereço. Os criminosos continuam a fazer ligações pedindo para que a vítima realize um pagamento de uma dívida que na realidade não existe, inclusive fazendo ameaças de protestos e ações judiciais. (Fonte: Wikipedia).

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.