Notícia publicada às 16:32:05 - 24/01/2018 e lida: 987 vezes   
    
  
  
Apenado do semiaberto quebra vidraça de comércio no Centro para furtar bebidas
Um casal também foi detido suspeito de participar do furto.

Apenado do semiaberto quebra vidraça de comércio no Centro para furtar bebidas
Apenado do semiaberto quebra vidraça de comércio no Centro para furtar bebidas
Foto: Vilhena Notícias

Por
Redação

Duílio da Silva Borges, de 25 anos, apenado do regime semiaberto, rompeu a tornozeleira eletrônica que usava, mas acabou preso nesta quarta-feira, 24 de janeiro, acusado de ter invadido um estabelecimento comercial da avenida Major Amarante, Centro, para praticar furto. O crime ocorreu na noite de terça, 23.

A localização do criminoso foi descoberta por policiais da Agência de Inteligência do CRP III do 3º Batalhão da Polícia Militar, que no primeiro momento identificaram G. B. S, de 27 anos, e A. S. A, de 33 anos, comparsas de Duílio no furto. O trio foi identificado através de imagens da câmera de monitoramento do comércio. O casal foi detido logo pela manhã na avenida Marechal Rondon, e confessou a participação no furto, mas disse à polícia que Duílio foi quem arremessou uma pedra na vidraça do comércio para pegar bebidas.

Depois do crime, os três teriam seguido até uma casa na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, onde consumiram parte das bebidas furtadas.

Duílio que já era procurado acabou sendo encontrado na região central da cidade. Ele cumpria pena no regime semiaberto, mas deverá passar ao fechado. A tornozeleira eletrônica que pertenceu à Sejus foi encontrada na casa da madrasta dele.

O homem e a mulher que estavam juntos com o foragido no momento do furto foram levados para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.