Notícia publicada às 16:22:41 - 09/01/2018 e lida: 1174 vezes   
    
  
  
CNH digital é lançada em Rondônia
Esta é uma das ações do programa de modernização do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (DETRAN-RO).

CNH digital é lançada em Rondônia
CNH digital é lançada em Rondônia
Foto: Ilustrativa

Por
Redação

O novo formato da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), agora na versão digital (CNH-e) foi lançado pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Rondônia é um dos pioneiros a disponibilizar o serviço que garante comodidade e praticidade aos condutores.

A carteira digital já está disponível para o estado e para utilizar, o condutor precisa fazer o cadastro no Portal de Serviços do Denatran, e baixar o aplicativo gratuito disponível na versão mobile pelo Play Store (Android) e Apple Store (iOS).

Após esse processo, o Denatran enviará por e-mail um código de ativação para o usuário, que permitirá o acesso ao aplicativo, e na primeira vez do uso, é preciso criar uma senha de quatro dígitos para armazenar as informações do condutor com segurança.

Para utilizar a ferramenta, o usuário precisa ter a versão mais recente da CNH, com o QR Code, sistema criptografado de acesso de informações. As carteiras tiradas a partir de maio de 2017 contam com o código. Caso a carteira não esteja atualizada, o condutor pode solicitar a segunda via, no valor de R$104,00.

A ferramenta possui o mesmo valor jurídico da impressa, evitando qualquer constrangimento caso o condutor esqueça a carteira impressa em casa. Outra vantagem é que a CNH é o documento mais completo e atual, servindo como identificação e facilitando a rotina do cidadão.

Esta é uma das ações do programa de modernização do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (DETRAN-RO), que visa à extinção das longas filas e redução da espera para recebimento dos documentos de habilitação e de veículos.

 

 

FONTE: Assessoria

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.