Notícia publicada às 15:31:19 - 28/12/2017 e lida: 5098 vezes   
    
  
  
Ativista político critica prefeita e vereadores em relação à impostos, mas não paga IPTU nem alvará há 4 anos
Postagem foi divulgada nas mesmas redes sociais que Osmani usa para fazer seu trabalho de cobrança da atual gestão.

Ativista político critica prefeita e vereadores em relação à impostos, mas não paga IPTU nem alvará há 4 anos
Ativista político critica prefeita e vereadores em relação à impostos, mas não paga IPTU nem alvará há 4 anos
Foto: Divulgação

Por
Redação

Postagens nas redes sociais no início da tarde desta quinta-feira, 28 de dezembro, mostram um painel onde um dos principais ativistas sociais da cidade, José Osmani, é questionado sobre suas dívidas em impostos junto ao município, sendo que o mesmo tem criticado arduamente a política de cobrança de impostos praticada atualmente em Vilhena.

Há pelo menos seis meses José Osmani Rufani vem fazendo um grande trabalho nas redes sociais, entre elas facebook e whats app, onde critica e aponta com acidez os atos da prefeita Rosani Donadon e dos vereadores vilhenenses, além também de servidores públicos de todas as esferas. Osmani consegue aglutinar um certo número de pessoas em suas causas, que quase sempre são voltadas a questionar como estão sendo feitas as leis no município e falta de um ou outro serviço que deveria ser prestado à população.

A atitude é louvável nos tempos atuais, onde a política caiu em descrédito e o cidadão tem que buscar seus direitos à unha, contudo, a postagem publicada questionando Osmani em grupos de rede sociais, as mesmas que ele usa para fazer suas críticas, estão engessando os argumentos do ativista político.

A postagem fala que Osmani estaria devendo quase R$ 2 mil em impostos ao município de Vilhena, entre IPTU e impostos de sua Corretora de Seguros. Isso soa contra tudo o que ativista tem pregado nas redes sociais, que seria a cobrança de impostos daqueles que estão em dívida com o município, demissão de centenas de portariados e austeridade com outros gastos públicos.

A postagem ainda cobra uma postura diferente de Osmani, que antes de criticar deveria cumprir com seus deveres e pagar seus impostos.

Na última sessão extraordinária do ano, realizada em 26 de dezembro, onde foi votado e aprovado o novo código tributário, Osmani organizou um protesto e levou a Câmara cerca de 45 pessoas para tentar dissuadir os vereadores de votarem o código proposto pela prefeita.

O OUTRO LADO

O VILHENA NOTÍCIAS entrou em contato com Osmani que declarou apenas que tal situação não lhe afeta, “Isso não afeta meu trabalho... Sei o que faço, sempre fui honesto”, garantiu Osmani, que ainda disse que irá atrás da opinião de seu advogado sobre o que pode ser feito em relação a postagem.

"Realmente tenho pendência com a prefeitura devo sanar agora em janeiro e esse é uns dos motivos da minha luta para não aumentar mais impostos, a gente não dá conta de pagar as aliquotas que estão ai. Já vô avisando assim que melhorar as vendas vamos quitar, não sou caloteiro e não tenho nada a esconder. Cerca de 58,8% da população tem dívidas em atraso, as pessoas não só estão em atraso com cartão, aluguel, agora estão atrasando também água, luz, gás. Mas fiquem tranquilos acho que com uma ação na justiça consigo pagar essas contas ai", finalizou Osmani

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.