Notícia publicada às 15:09:32 - 28/12/2017 e lida: 1549 vezes   
    
  
  
Chopp servido em velório chama a atenção em Cascavel
Ele dizia que não queria tristeza no velório e a bebida foi um desejo dele.

Chopp servido em velório chama a atenção em Cascavel
Chopp servido em velório chama a atenção em Cascavel
Foto: Taroba News

Por
Redação

Um velório realizado ontem (27), na capela Master da Acesc em Cascavel, chamou a atenção. O motivo foi um barril de chopp colocado na porta da capela para familiares e amigos que foram se despedir de João Ferrari. A bebida na porta nem de perto representava indiferença com a morte do morador de Cascavel. Muito pelo contrário. O motivo foi que a família decidiu atender um pedido do próprio João Ferrari. Ele dizia que não queria tristeza no velório e a bebida foi um desejo dele.João Ferrari tinha 70 anos e morreu após ter uma pneumonia.

Ele era muito respeitado no ramo do automobilismo em Cascavel e era conhecido como um "mestre preparador de motores". O sepultamento de João Ferrari será hoje (28), no Cemitério do Guarujá. 

Curiosidades 

Em muitos países, os velórios são verdadeiros eventos. Há música, comida e bebida com fartura. O motivo são os mais variados, desde atender o último pedido da pessoa que morreu, ou mesmo uma questão cultural. Já que é morte é vista de várias formas em diferentes culturas.

Na Alemanha, o finado não é enterrado no dia seguinte, lá a preparação do corpo pode durar dias ou até semanas, dependendo do calendário da funerária. Logo depois do enterro os convidados vão para um restaurante onde é realizado o “Leichenschmaus” - uma espécie de festa funeral. Não comparecer é um desrespeito com a família e com o falecido.

Nos Estados Unidos, é muito comum que parentes e amigos levem ao local do velório e deixem no caixão objetos que representem a sua ligação com o ente querido que faleceu, isso faz parte da tradição de honrar a memória de quem partiu. Os familiares costumam preparar homenagens – como um mural de fotos – e é muito comum que os convidados do velório recebam um cartão como lembrança.Na cultura norte-americana os corpos também levam dias para serem preparados. Esse tempo, além de acalmar os familiares, também serve para que os parentes que estão longe consigam se despedir do ente querido. Após o velório, os familiares e amigos são recepcionados com um buffet e durante esse momento aproveitam para ver o álbum de fotos, contar histórias e recordar momentos com o finado.

 

 

 

FONTE: Taroba News

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.