Notícia publicada às 10:03:04 - 21/12/2017 e lida: 4246 vezes   
    
  
  
Saída temporária para o Natal beneficia 89 presos em Vilhena
Presidiários que estão no regime semiaberto poderão deixar a unidade a partir de sábado, 23 de dezembro. Eles ficarão em casa até o dia 2 de janeiro.

Saída temporária para o Natal beneficia 89 presos em Vilhena
Saída temporária para o Natal beneficia 89 presos em Vilhena
Foto: Renato Spagnol

Por
Aline Rayane

Até esta quinta-feira, 21 de dezembro, 89 presos já solicitaram o benefício da saída temporária para o Natal, em Vilhena. Os presidiários que estão no regime semiaberto poderão deixar a Colônia Penal no sábado, 23 de dezembro, e retornar apenas na quarta-feira, 2 de janeiro.

Dos 89 presidiários que solicitaram a saída, 9 são mulheres. A solicitação do benefício poderá ser realizada até a sexta-feira, 22 de dezembro.  De acordo com o diretor da unidade, Alexsandro Pereira os detentos serão monitorados por tornozeleira eletrônica.

“Para obter o benefício o preso precisa estar cumprindo pena no regime semiaberto e ter bom comportamento durante o ano. Essa saída é temporária, não é um indulto, eles irão ser monitorados pela tornozeleira eletrônica e deverão retornar no dia estipulado”, explicou Alexsandro.

Saída temporária x Indulto de Natal

A saída temporária para o Natal não é o mesmo que indulto de Natal, como muitos costumam associar. O detento que recebe o benefício da saída temporária deve retornar à prisão em um determinado período estabelecido. Já o indulto de Natal garante ao preso a liberdade total antecipada. 

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.