Notícia publicada às 08:33:52 - 15/12/2017 e lida: 1237 vezes   
    
  
  
Samir Ali propõe criação de Conselho de Combate à Corrupção e a Impunidade
Projeto de Lei foi lido em sessão ordinária

Samir Ali propõe criação de Conselho de Combate à Corrupção e a Impunidade
Samir Ali propõe criação de Conselho de Combate à Corrupção e a Impunidade
Foto: Divulgação

Por
Redação

Em sessão ordinária realizada na última terça-feira, 13, o Vereador Samir Ali (PSDB) apresentou o Projeto de Lei 5.282 que cria o Conselho de Combate à Corrupção e a Impunidade no Município de Vilhena.

O Conselho que se aprovado será vinculado a Procuradoria da Prefeitura de Vilhena servirá para formulação de ações que promovam a transparência e o combate à corrupção no âmbito da administração pública.

Para a formação deste Conselho serão convidadas autoridades do Poder Executivo, Procuradoria Municipal, Secretaria de Fazenda, Secretaria de Administração, Gabinete da Prefeita, Sindicato dos Servidores Públicos Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, Câmara Municipal e representantes convidados da sociedade civil.

Este Conselho terá também atuará na articulação e mobilização da sociedade civil, estabelecer estratégias que fundamentem propostas administrativas e legislativas que possam maximizar a transparência da gestão pública.

Nos últimos anos Vilhena acabou sendo palco de escândalos que envolveram tanto o Poder Executivo quanto Legislativo, levando a prisão do ex-prefeito e seu vice, além de sete vereadores.

"O Conselho de Combate à Corrupção e a impunidade é uma forma de trazer a população para perto das decisões que envolvem o poder público, trazer mais proximidade entre prefeitura, câmara, ministério público e tribunal de contas, de forma que possamos ter sempre mais transparência no que é feito com o dinheiro público, pois toda verba que o município recebe deve ser investida para a população sem nenhum tipo de desvio", disse o vereador.

 

 

FONTE: Dicom - Câmara Municipal

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.