Notícia publicada às 11:53:10 - 08/12/2017 e lida: 3156 vezes   
    
  
  
Pai de menina atropelada confirma que filha teve traumatismo craniano e continua internada no Hospital Regional
A condutora do veículo que atropelou a criança, a farmacêutica Camila Brustolin relatou detalhes do acidente.

Pai de menina atropelada confirma que filha teve traumatismo craniano e continua internada no Hospital Regional
Pai de menina atropelada confirma que filha teve traumatismo craniano e continua internada no Hospital Regional
Foto: Renato Spagnol

Por
Aline Rayane

Afonso Simich, pai de Gabriely Silva Simich, de 9 anos, atropelada na noite de ontem, 7 de dezembro, confirmou ao Vilhena Notícias que a filha sofreu um pequeno traumatismo craniano e continua internada no Hospital Regional de Vilhena. Segundo Afonso, a filha passou por exames neurológicos assim que deu entrada no hospital.

Leia: Criança atropelada no Jardim América é socorrida com suspeita de traumatismo craniano

Na manhã de hoje, 8 de dezembro, a menina já estava consciente e sem risco de morte, mas ainda deve passar por novos exames antes de voltar para casa.

“Ela está conversando e aparente bem, mas o médico ainda não nos deu nenhuma previsão de quando ela vai ser liberada”, disse o pai.

A condutora do veículo que atropelou a criança, a farmacêutica Camila Brustolin relatou detalhes do acidente.

“Como foi tudo muito rápido, nem eu sei ao certo como ocorreu. Fiquei muito nervosa na hora, todos ficaram, mas fiquei lá até a chegada dos bombeiros e da polícia. Hoje liguei para o pai dela e graças a Deus ela está bem”, contou.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.