Notícia publicada às 15:37:26 - 05/12/2017 e lida: 1031 vezes   
    
  
  
Embriagado, homem não aceita fechamento de bar e tenta matar dono do estabelecimento em Vilhena
Homem foi embora e voltou com uma espingarda e atirou no dono do bar. Tiro passou de raspão.

Embriagado, homem não aceita fechamento de bar e tenta matar dono do estabelecimento em Vilhena
Embriagado, homem não aceita fechamento de bar e tenta matar dono do estabelecimento em Vilhena
Foto: Vilhena Notícias

Por
Redação

Um homem de 39 anos tentou matar o dono de um bar na noite da segunda-feira, 4 de dezembro, após o comerciante fechar o estabelecimento que fica localizado na Av. Paraná, bairro Boa Esperança, em Vilhena. O suspeito foi embora e minutos depois voltou armado.

De acordo com as informações, o homem estava no estabelecimento ingerindo bebidas alcoólicas quando o proprietário informou que precisava fechar o bar e pediu para que ele se retirasse da cadeira para guardá-la, neste momento o homem perguntou “Vocês acham que eu não tenho dinheiro?” e insistiu em permanecer no local. Para evitar confusão, o comerciante lhe entregou uma dose de bebida e assim o homem foi embora do local.

Minutos depois, o homem retornou ao bar armado com uma espingarda, ameaçando o dono do estabelecimento, quando efetuou um disparo contra o comerciante. O tiro passou de raspão na vítima e deixou ferimentos no lado direito de seu abdômen.

O comerciante fugiu para dentro do comércio e acionou a Polícia Militar (PM), enquanto o suspeito ainda tentava invadir o local, mas antes da chegada da PM, o homem deixou o local e foi para casa, mais tarde acabou sendo preso pelos policiais. Com o suspeito foram encontrados a espingarda de calibre 12 e três cartuchos de munição intactos.

Diante dos fatos, o acusado recebeu voz de prisão e foi apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.