Notícia publicada às 15:41:39 - 24/11/2017 e lida: 1499 vezes   
    
  
  
Homem usava tatuagem de arma para ameaçar vítimas no Amazonas
Homem cumpria pena por tráfico e porte de arma, em regime semiaberto desde julho.

Homem usava tatuagem de arma para ameaçar vítimas no Amazonas
Homem usava tatuagem de arma para ameaçar vítimas no Amazonas
Foto: Divulgação/SSP-AM

Por
Redação

Um homem, de 29 anos, suspeito de ameaçar pessoas de morte mostrando uma arma tatuada na cintura foi preso na quarta-feira (22), no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus no Amazonas. Ele foi preso com drogas em um beco. O suspeito estava foragido do regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde julho.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a polícia recebeu uma denúncia anônima sobre venda de drogas. Após a denúncia, policiais da Secretaria Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop), foram ao local checar a informação.

Ao chegar, os policiais localizaram o homem e, durante a abordagem, encontraram várias trouxinhas de drogas escondidas no telhado de uma casa.

De acordo com o secretário executivo-adjunto de Operações Integradas, Orlando Amaral, o detento estava foragido desde o dia 8 de julho deste ano, quando teve saída do regime semiaberto e não retornou mais para a unidade prisional. Ele respondia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

“Ele estava fazendo a comercialização ilegal de entorpecentes no beco onde ocorreu a prisão e também intimidava a vizinhança com o desenho de uma arma que tem tatuado no abdômen que simula uma arma de verdade”, disse Amaral.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para o 3º DIP. Após os procedimentos cabíveis. Ele deve ser levado novamente ao presídio para o cumprimento de pena.

Trouxinhas de drogas foram apreendidas com o suspeito

 

FONTE: G1 AM

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.