Notícia publicada às 13:47:16 - 24/11/2017 e lida: 909 vezes   
    
  
  
Inspirado em Pabllo Vittar, cantor deixa gospel e lança disco como drag queen
Lucas diz ser da igreja desde os 5 anos, ele ganhou prêmios, mas afirma que vivia com uma máscara e agora quer quebrar preconceitos.

Inspirado em Pabllo Vittar, cantor deixa gospel e lança disco como drag queen
Inspirado em Pabllo Vittar, cantor deixa gospel e lança disco como drag queen
Foto: Reprodução

Por
Redação

O ex-cantor gospel Lucas Fernandes, de 23 anos, chocou os fãs no último fim de semana, quando revelou sua outra identidade: uma drag queen, com nome de Lucas Miziony. A informação é do Uol.

O artista, que já tinha dois CDs com músicas evangélicas, já fez parcerias com Jéssica Augusto e músicas de Anderson Freire. Tinha uma agenda com 40 eventos, entre shows, congressos e cultos festivos, mas cancelou tudo para seguir a nova carreira.

Lucas diz que foi inspirado por Beyoncé e principalmente Pabllo Vittar. ” Minha referência sempre foi a Beyoncé. Também gosto de Anitta e Ludmilla, mas, quando apareceu a Pabllo, me apaixonei imediatamente. Percebi onde eu poderia chegar”, disse ao Uol.

O cantor, que assumiu ser homossexual há um ano, agora se prepara para os shows da fase drag. Ele planeja soltar o trabalho independente nas plataformas de streaming e cair na estrada a partir de janeiro, quando o clipe de “Homem ou Mulher” e das outras faixas do EP, incluindo a sacolejante “Mexe o Bum, Bum”, serão divulgados.

“Deus me fez assim, e vou morrer assim”

Lucas diz ser da igreja desde os 5 anos, ele ganhou prêmios, mas afirma que vivia com uma máscara e agora quer quebrar preconceitos.

Longe do ministério, Lucas reza. Ainda se considera religioso e um homem de fé inabalável. Sua ideia é servir de inspiração para jovens que passaram pelo mesmo conflito interno e sofrimento.

“Há quem lamente, quem diga que Deus não quer isso para minha vida, que eu não sou crente de verdade, que só quero aparecer. Eu juro que tentei. Lutei muito contra mim para chegar até aqui. Mas Deus me fez assim, e vou morrer assim”.

O cantor diz que para ele não há motivo para a religiosidade e a homossexualidade não andarem juntas, seja dentro ou fora da congregação. Ele afirma que muitas pessoas sofrem escondendo realmente quem são. Lucas ainda confessou ter ficado com um pastor famoso.

 

 

 

FONTE: Dia Online

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.