Notícia publicada às 18:56:01 - 19/11/2017 e lida: 2890 vezes   
    
  
  
Detento consegue fugir da cadeia de Vilhena apenas pressionando porta da cela
No ato, ferrolho cedeu e preso escapou escalando parede externa. Direção do presídio informou que houve falha estrutural, e que lugar não recebe uma reforma geral há anos.

Detento consegue fugir da cadeia de Vilhena apenas pressionando porta da cela
Detento consegue fugir da cadeia de Vilhena apenas pressionando porta da cela
Foto: Flávio Godoi/G1

Por
Redação

Um detento de 18 anos conseguiu fugir da cadeia apenas pressionando com o corpo a porta da cela em Vilhena, no Cone Sul Rondônia, na noite do último sábado (19). Com a pressão, o ferrolho da porta cedeu e preso escapou escalando a parede externa da Casa de Detenção.

De acordo com o boletim de ocorrência, o preso estava em uma cela de isolamento por causa de problemas de relacionamento com outros presidiários. A cela fica em um ambiente separado das demais. Ele teria aproveitado o momento em que os agentes penitenciários trocavam de turno para iniciar a tentativa de fuga.

Quando o ferrolho cedeu com a pressão de seu corpo, João teria corrido até a parede externa dos fundos e escalado pelo ar-condicionado.

Um dos agentes escutou o barulho e tentou impedir o detento. Porém, o fugitivo desceu pelo telhado do prédio vizinho e desapareceu no Bairro Bonadese.

A direção do presídio informou que a fuga aconteceu em razão de falha estrutural. A Casa de Detenção, atualmente, abriga 82 presos e há anos não recebe uma reforma geral. A previsão é que em janeiro de 2018, chegue o orçamento para resolver o problema do edifício.

O detento foi preso por roubo majorado, cometido em um município do estado de Mato Grosso. Informações sobre o paradeiro dele podem ser repassadas através do telefone da Polícia Militar (PM), (69) 3322-3935.

 

 

FONTE: G1 RO

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.