Notícia publicada às 09:30:29 - 13/11/2017 e lida: 948 vezes   
    
  
  
Mulher morre atropelada por viatura da PM após fugir de abordagem em Porto Velho
Ela estava com um homem em uma motocicleta no momento da abordagem. Suspeito que pilotava a motocicleta ignorou os avisos da polícia de parada do veículo

Mulher morre atropelada por viatura da PM após fugir de abordagem em Porto Velho
Mulher morre atropelada por viatura da PM após fugir de abordagem em Porto Velho
Foto: Toni Francis/G1

Por
Redação

Um casal de motocicleta foi atropelado por uma viatura da Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (13) no bairro Cuniã ao tentar fugir de uma abordagem. A mulher morreu e o homem teve ferimentos pelo corpo e precisou ser levado para uma unidade de saúde. Os dois estavam em uma motocicleta e o homem que dirigia o veículo ignorou os pedidos de parada da PM, durante a perseguição aconteceu o acidente.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar patrulhava a Avenida José Amador dos Reis quando se deparou com um casal em um moto que estava com a lanterna traseira desligada. Os policiais deram voz de parada, mas o suspeito que pilotava a moto empreendeu fuga pelas ruas do bairro. Durante a fuga a mulher que estava na traseira da moto, bateu nas costas do homem e pediu para que ele parasse, mas ele continuou a fugir dos militares.

Em dado momento, o suspeito tentou fazer uma manobra, mas como não conseguiu tentou voltar e acabou batendo na traseira da viatura da polícia, que acabou atropelando o casal. A mulher que estava na traseira da moto ficou embaixo do carro e acabou morrendo. O suspeito teve ferimentos pelo corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu à cena e confirmou o óbito da mulher. O homem foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento da Zona Leste. Os policiais questionaram o homem sobre a fuga e ele confessou que estava com alicate de corte e que furtaria uma loja na Avenida José Amador dos Reis.

O suspeito tentou enganar os policiais ao informar o nome errado, mas os policiais foram até a casa do pai dele e constataram que o nome dado era do irmão. Após verificação no sistema com o nome verdadeiro foi constatado que em nome do suspeito há um mandado de prisão em aberto. O homem recebeu voz de prisão e foi levado para a Central de Flagrantes da cidade. A moto foi entregue na delegacia, pois está com o chassi raspado. O corpo da mulher foi removido ao Instituto Médico Legal (IML).

 

 

FONTE: G1 RO

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.