Notícia publicada às 21:45:19 - 12/11/2017 e lida: 14096 vezes   
    
  
  
Ex-aluna da escola Zilda é morta com tiro na cabeça no bairro Embratel
Vítima faria 20 anos no dia 30 de novembro.

Ex-aluna da escola Zilda é morta com tiro na cabeça no bairro Embratel
Ex-aluna da escola Zilda é morta com tiro na cabeça no bairro Embratel
Foto: Vilhena Notícias

Por
Redação

A jovem Ramicieli Cristine Lopes Sastre, que completaria 20 anos no próximo dia 30 de novembro, foi assassinada com um tiro na cabeça na noite deste domingo, 12, na casa de número 2249 da rua Olavo Bilac, no Bairro Embratel em Vilhena.

Segundo testemunhas, a vítima e outras pessoas passaram a tarde na casa, onde era realizada uma festa. A moça não residia no imóvel.

Ainda segundo relatos, era por volta das 20h00 quando foram ouvidos gritos de dentro da casa, e logo depois o estampido do disparo que matou Cristine. Todos que estavam na casa, com exceção de uma mulher grávida que passou mal, fugiram após o crime. A gestante será ouvida e poderá apontar o autor do tiro.

A Polícia Militar e Polícia Civil foram no imóvel e após a perícia o corpo foi liberado para a funerária de plantão. O caso será registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.