Notícia publicada às 15:48:13 - 10/11/2017 e lida: 584 vezes   
    
  
  
PF investiga corrupção no Dnit de Rondônia: apuração aponta movimentação de mais de R$ 20 milhões
A operação também tem como alvo ex-superintendentes do órgão, que receberam em suas residências integrantes da operação em trabalho de busca e apreensão.

PF investiga corrupção no Dnit de Rondônia: apuração aponta movimentação de mais de R$ 20 milhões
PF investiga corrupção no Dnit de Rondônia: apuração aponta movimentação de mais de R$ 20 milhões
Foto: ilustrativa

Por
Redação

A Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte em Rondônia e Acre (Dnit) está interinamente sob o comando de Marcelo Almeida Pinheiros, que segundo fontes do Diário veio de Brasília assumir a pasta, uma espécie de intervenção, após a Operação Buracos, deflagrada em outubro pela Polícia Federal em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU), Receita Federal e Ministério Público Federal (MPF).

A operação também tem como alvo ex-superintendentes do órgão, que receberam em suas residências integrantes da operação em trabalho de busca e apreensão.

São investigados ainda integrantes do Departamento de Estradas e Rodagem do Acre (Deracre). A investigação aponta que em apenas duas contas bancárias os suspeitos movimentaram R$ 20 milhões, sendo R$ 10 milhões em cada.

Ao todo foram desviados R$ 700 milhões que seriam utilizados para a recuperação das rodovias federais dos dois Estados, segundo apurou a Polícia Federal.

De acordo com o site AC24Horas, um dos processos que correm no TCU, onde o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre Viana (PT) foi condenado a devolver R$ 155 milhões, também faz parte do inquérito da Operação Buracos.

Em Porto Velho, o Diário tentou contatos com o ex-superintendentes para falar sobre o assunto, mas não obteve êxito.

Durante a operação policial na semana passada, vários documentos foram apreendidos e estão sendo analisados pela PF.

 

 

FONTE: Diariodaamazonia.com.br

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.