Notícia publicada às 12:21:45 - 20/10/2017 e lida: 4204 vezes   
    
  
  
Divisão de homicídios identifica adolescente que tentou matar grávida de 5 meses a golpes de facão em Vilhena
Agressor está solto e fez ameças que voltaria para matar a mulher.

Divisão de homicídios identifica adolescente que tentou matar grávida de 5 meses a golpes de facão em Vilhena
Divisão de homicídios identifica adolescente que tentou matar grávida de 5 meses a golpes de facão em Vilhena
Foto: Vilhena Notícias

Por
Renato Spagnol

A 1ª Delegacia Especializada de Crimes Contra a Vida do município de Vilhena, identificou um menor de 17 anos, como autor da tentativa de assassinato contra a jovem Michele da Silva de 19 anos. A vítima está grávida de 5 meses e o crime ocorreu às 17h45 do dia 13 de outubro, em uma casa da rua H-11, no bairro Cohabinha em Vilhena.

Leia: Grávida de 19 anos é atingida por golpes de facão por amigo em Vilhena

Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 20 de outubro, na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), o delegado da divisão de homicídios, Núbio Lopes de Oliveira, disse que a vítima foi “brutalmente atacada com golpes de facão”, e as investigações apontaram que o crime se deu por motivo fútil. O menor foi até a casa da gestante para “tirar satisfação” sobre supostos comentários que ela teria feito sobre ele, com uma terceira pessoa.

“Ele [agressor] não tinha nenhum tipo de envolvimento íntimo com a vítima, mas a delegacia de repressão de crimes contra a vida levantou as informações e se conseguiu chegar ao autor desses golpes”, disse Núbio Lopes.

O delegado ressaltou ainda que embora a investigação esteja em fase adiantada, o adolescente não foi ouvido e continua solto. Há também relatos que ele faz uso de entorpecentes, segundo informou o delegado.

“Todo o procedimento vai ser encaminhado para a delegacia de apuração de atos infracionais apenas para tombar, não em inquérito policial, mas apenas para o procedimento de ato infracional para seguir o rito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente”, pontuou Lopes.

 

Vítima sofreu ameaças

Segundo Núbio Lopes, o menor depois de golpear a vítima fez ameaças, dizendo que se ela sobrevivesse, ele voltaria para matá-la.

A vítima socorrida ao Hospital Regional com graves ferimentos foi internada para cuidados médicos. A reportagem tentou contato, mas sem sucesso com a direção do hospital para saber se a vítima já recebeu alta da unidade.

 

Proteção à vítima

Diante das graves ameaças de morte, Núbio Lopes pontuou que a delegacia de apuração de atos infracionais deverá adotar medidas emergenciais – assim que receber o resultado final das investigações sobre o caso – para garantir a segurança da vítima.  

O delegado citou que não há relação de intimidade entre a vítima e o agressor, e que neste caso não poderia se respaldar em uma eventual proteção com base na Lei Maria da Penha, “entretanto, medidas para garantir a segurança à grávida deverão ser tomadas”, finalizou Lopes.

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.