Notícia publicada às 12:35:49 - 20/09/2017 e lida: 14497 vezes   
    
  
  
Suspeito de matar mãe e filho é encontrado morto; veja vídeo
Suspeito teria cometido suicídio

Suspeito de matar mãe e filho é encontrado morto; veja vídeo
Suspeito de matar mãe e filho é encontrado morto; veja vídeo
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Por
Redação

O corpo de Oclecio da Cruz Almeida de 40 anos, suspeito de assassinar Raiza Lima e o filho dela, Natã de 05 anos, na última segunda-feira 18 de setembro, foi encontrado por volta das 11h37 desta quarta-feira, 20, na fazenda do Menegol, próxima à cidade de Rolim de Moura.

O cadáver foi encontrado pendurado por uma corda numa árvore em meio à mata da propriedade. A suspeita é que ele tenha cometido suicídio. A funerária São José Pax de Rolim se dirigiu ao local para buscar o corpo.

Segundo o diretor de Polícia Civil do interior do estado, Arismar Araújo, que comandou as buscas, não há indícios que Oclecio tenha sido morto por outra pessoa, o que confirmaria a tese de suicídio.

A Polícia civil está no local, aguardando a perícia. 

 Leia também

Suspeito de matar mãe e filho e jogar corpos em rio tem prisão temporária decretada

Encontrada sem roupa íntima e com sinais de estrangulamento, mãe do garoto Natã passa por autópsia

Corpo de mãe do menino achado em Castanheiras, também é encontrado no Rio Machado

Polícia procura suspeito de sequestrar e matar criança encontrada boiando no Rio Machado

Corpo de criança com sinais de enforcamento é encontrado boiando no Rio Machado em RO

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.