Notícia publicada às 18:38:54 - 10/08/2017 e lida: 1470 vezes   
    
  
  
Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Artesãos de Rolim de Moura, Porto Velho, Pimenta Bueno e até da Venezuela estão participando do evento.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Foto: Aline Rayane

Por
Aline Rayane

Os artesãos não ficaram de fora do 2º Portal do Agronegócio, que está acontecendo em Vilhena, entre os dias 9 e 11 de agosto, na sede social da Associação Comercial e Empresarial de Vilhena (Aciv). Este ano, artesãos de Rolim de Moura, Porto Velho, Pimenta Bueno e até da Venezuela estão expondo os mais variados tipos de produtos.

A artesã Hurby Santos, representante dos artesãos em Vilhena, explica que a classe ajuda a fomentar a economia da cidade. “Quando a pessoa compra com o artesão, automaticamente, o seu dinheiro fica na cidade, porque cada pessoa aqui é uma família que paga suas contas. Até os artesãos que vem de fora, para o evento, paga hotel, come, então uma parte do seu dinheiro fica na cidade também”, explica.

Para participar do 2º Portal do Agronegócio, os artesãos estão recebendo o apoio do Sebrae, da Fundação Cultural de Vilhena, além da Aciv. Hurby salientou também o apoio que o secretário estadual de agricultura, Evandro Padovani dá aos artesãos do Cone Sul. “É o nosso padrinho, todos sabíamos que nós existíamos, mas ninguém nos dava a mão. Na hora que precisamos dele ele nos ajudou e hoje somos respeitados aonde vamos”, disse.

Raimundo Ramos, de Pimenta Bueno, é artesão e mestre de capoeira há 40 anos. Trabalha com cerâmica, filtro dos sonhos, biojóias e instrumentos. Já participou de diversas feiras de exposição, dentro e fora do estado, mas é sua primeira vez no evento. “Em dezembro fui um dos 6 artesãos de Rondônia que participou da 1ª Feira Brasil Original, em São Paulo, também participei recentemente da Fenearte, em Recife e agora estou participando do Portal e espero voltar mais vezes”, relatou Ramos.

O artista plástico, Marcos de Souza é brasileiro, mas morou por muito tempo fora do país, na Suíça, Colômbia e Venezuela. Recém chegado na cidade, está expondo pela primeira vez em Vilhena. “Eu conheci a Hurby e através dela estou participando do evento, trazendo esculturas e joias feitas com metal nobre, prata e o ouro, e a resina”, explicou.

Marcos também realiza miniaturas sob encomenda, trabalhando com reciclagem. “Faço qualquer personagem que a pessoa quiser, é só me trazer uma foto. Também faço relacionado a profissão, usando porca e parafusos reciclados”, disse.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Glacia Maria, artesã vilhenense, está expondo chinelos, sapatos e buquês decorados, no 2º Portal do Agronegócio.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Mestre Ramos, de Pimenta Bueno, já participou de diversas feiras de exposição, mas é sua primeira vez no evento em Vilhena.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Instrumento conhecido como \"Agogô de castanha\", feito por Ramos.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena
Recém chegado em Vilhena, o artista plástico Marcos de Souza também está expondo seus trabalhos no evento.

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena

Cerca de 30 artesãos expõem produtos no 2º Portal do Agronegócio em Vilhena

 

FONTE: Vilhena Notícias

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.