Notícia publicada às 00:36:04 - 30/07/2017 e lida: 5309 vezes   
    
  
  
PRF prende falso agente penitenciário com drogas em Vilhena
Amásia do falso agente também foi presa.

PRF prende falso agente penitenciário com drogas em Vilhena
 PRF prende falso agente penitenciário com drogas em Vilhena
Foto: Carlos Mont Serrat

Por
Redação

A prisão de um ex-detento que tentou se passar por agente penitenciário aconteceu na noite de sexta-feira, dia 28 de julho, durante uma abordagem de rotina no Posto da Polícia Rodoviária Federal, (PRF) em Pimenta Bueno.

Os agentes da PRF abordaram um casal que seguia sentido a Pimenta em um veículo Fiat Strada, de placas NCC-6742/Vilhena, e o motorista, que trajava uma camiseta da SEJUS, se identificou como sendo Agente Penitenciário. Em sua cintura, os policiais encontraram um revólver calibre 38 municiado.

Dentro do veículo também foram encontrados 03 quilos de Pasta Base de Cocaína, um colete balístico, um par de algemas e uma “tonfa”. Dentro da carteira porta-cédulas do motorista, identificado como Reginaldo Cesar da Silva, os PRF’s encontraram uma funcional da SEJUS falsa em seu nome e uma carteira de vigilante.

A esposa de Reginaldo, identificada como Josiene Arruda de Barros, que já tem passagens por Tráfico de Drogas falou que tinha conhecimento sobre o entorpecente e que seu amásio nunca foi Agente Penitenciário.

Diante da situação, o casal recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de polícia.

O vilhenense trabalhava de segurança em uma chácara onde ocorre festas noturnas e em um mercado do bairro Bela Vista. Na cidade de Vilhena, ele também se passava por agente penitenciário. O criminoso deverá responder criminalmente por tráfico de drogas, porte ilegal de armas, falsidade ideológica, falsificação de documentos, dentre outras infrações.

 

FONTE: Repórter Calos Mont Serrat

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.