Notícia publicada às 10:53:56 - 21/07/2017 e lida: 9585 vezes   
    
  
  
Delegado confirma prisão de duas pessoas que participaram da chacina de 5 jovens em Cabixi
Chacina foi registrada na madrugada de domingo, 02 de abril, na cidade de Cabixi. Cinco jovens foram executados.

Delegado confirma prisão de duas pessoas que participaram da chacina de 5 jovens em Cabixi
Delegado confirma prisão de duas pessoas que participaram da chacina de 5 jovens em Cabixi
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

O delegado e diretor de Polícia Civil (PC) do interior de Rondônia, Arismar Araújo confirmou em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira, 20 de julho, que duas pessoas foram presas por participação na chacina ocorrida no mês de abril deste ano e que resultou na execução de 5 jovens com idades entre 15 e 24 anos em Cabixi.

Leia: Chacina na cidade de Cabixi deixa cinco jovens como vítimas

Na coletiva Arismar Araújo disse que a Polícia Civil enviou uma equipe especializada para auxiliar as equipes de homicídio de Vilhena e Colorado do Oeste e que os trabalhos já deram resultados. “Nós já temos resultados satisfatórios e substanciais na apuração deste delito”, disse Araújo.

O delegado confirmou ainda que na próxima semana retorna ao município com a direção geral da Polícia Civil do estado para instalar formalmente a delegacia de homicídios de Vilhena, onde será apresentado os primeiros resultados da investigação acerca da chacina. “Posso adiantar que já temos dois presos e provas suficientes da participação deles na execução. Esse delito já está quase 100% elucidado”, finalizou Arismar Araújo.

A presença do delegado em Vilhena, foi para acompanhar os trabalhos da Operação Habitus deflagrada pela PC local, ainda na manhã de quinta.

 

Leia também

PC deflagra nova operação contra corrupção e vereador Célio Batista é afastado do cargo

Vítimas da chacina

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.