Notícia publicada às 18:26:13 - 06/07/2017 e lida: 558 vezes   
    
  
  
Força Tática prende quatro suspeitos de comercializar drogas na praça do ginásio de esportes Geraldão em Vilhena
Após denúncias os policiais militares da Força Tática passaram a monitorar o local, quando avistaram duas mulheres, um homem e um adolescente com atitudes suspeitas

Força Tática prende quatro suspeitos de comercializar drogas na praça do ginásio de esportes Geraldão em Vilhena
Força Tática prende quatro suspeitos de comercializar drogas na praça do ginásio de esportes Geraldão em Vilhena
Foto: Vilhena Notícias

Por
Redação

Uma operação da Força Tática da Polícia Militar realizada na madrugada desta quinta-feira, 6 de julho, prendeu quatro pessoas suspeitas de estarem comercializando entorpecentes na praça do ginásio de esportes Geraldão, na Av. Paraná, no bairro Alto Alegre, em Vilhena.

Após denúncias os policiais militares da Força Tática passaram a monitorar o local, quando avistaram duas mulheres, um homem e um adolescente com atitudes suspeitas. Quando os suspeitos avistaram os militares, passaram a agir de forma estranha.

Ao abordarem os quatro, encontraram uma pedra de pasta base de cocaína (crack) e uma quantia de R$380,00, com o suspeito de ser o mentor do grupo, conhecido pelo apelido de “Kakaroto”, de 21 anos.  As duas jovens possuem 20 e 19 anos e o outro rapaz, um menor de 17 anos.

Aos militares o mentor disse que o dinheiro era oriundo de um ❝bico❞ realizado durante o dia em uma obra, posteriormente, o acusado mudou sua versão inicial, dizendo que o dinheiro era na verdade oriundo da venda de um aparelho celular, contudo, ele afirmou que vendeu tal aparelho por R$ 200,00, não sabendo explicar a origem do restante do dinheiro.

Os demais disseram à polícia que estavam na casa do rapaz e que saíram de lá para passear na praça. Diante disso, os policiais foram até a casa do suspeito, onde a sua mãe do jovem negou que os três estavam em sua residência. A mulher ainda autorizou que os policiais revistassem o quarto de seu filho. Na revista foi encontrada uma quantidade de maconha.

O rapaz acabou confessando ser usuário de maconha e disse que era o dono das drogas encontradas em seu quarto. Diante dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil. Kakaroto e o menor já possuíam passagens pela polícia por tráfico de drogas.

O mentor foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e aliciamento de menores.

“Kakarotto”

O apelido chamou a atenção dos policiais, pelo significado. Trata-se de um personagem de desenho da série Dragon Ball que tem como personagem principal Goku. Kakaroto é o nome verdadeiro de Goku, dado pelo pai Bardock.

Logo após seu nascimento, Kakaroto é enviado à Terra, para destruir as formas de vida locais e preparar o planeta para venda no mercado intergaláctico.

Questionado sobre o apelido, o jovem alegou que em sua infância ele e os amigos assistiam muito animes, então ganhou o apelido de Kakaroto e passou a utilizá-lo.

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.