Notícia publicada às 10:59:02 - 03/07/2017 e lida: 3422 vezes   
    
  
  
Homem morre atropelado por carreta na cabeceira da ponte em Ji-Paraná
Segundo o motorista, piloto tentou ultrapassagem pelo 'corredor' entre as duas pistas. Vítima esbarrou em um carro, caiu embaixo da carreta e morreu na hora.

Homem morre atropelado por carreta na cabeceira da ponte em Ji-Paraná
Homem morre atropelado por carreta na cabeceira da ponte em Ji-Paraná
Foto: Pâmela Fernandes/G1

Por
Redação

Um homem de 58 anos morreu depois de bater na traseira de um carro e cair embaixo de uma carreta na manhã desta segunda-feira (3) em Ji-Paraná (RO), a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. O acidente aconteceu na BR-364, na cabeceira da ponte sobre o Rio Machado.

A ocorrência aconteceu na pista sentido Porto Velho e os três veículos seguiam no mesmo sentido. Segundo o condutor do carro, John Marcos, ele estava na pista da esquerda e a carreta no lado direito, quando o motociclista tentou ultrapassar pelo 'corredor' entre as duas pistas.

“Meu lado estava praticamente parado e a carreta estava parando também. Eu não vi nada, só ouvi. Pensei que fosse o pneu da carreta, ou algo assim”, conta o motorista.

De acordo com o condutor da carreta, José Carlos Barbosa, de 47 anos, quando olhou para o retrovisor viu o motociclista batendo no carro. “Ele esbarrou no carro e acabou batendo na minha tração. Ele caiu embaixo da carreta, eu tentei tirar, mas não deu”, relembra.

A vítima teve as pernas esmagadas e morreu na hora. O trânsito no local ficou parado por cerca de 40 minutos e foi controlado pela Polícia Militar (PM) até a chegada da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Depois da chegada da perícia, o trânsito foi liberado.

 

 

FONTE: G1 RO

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.