Notícia publicada às 09:38:18 - 21/06/2017 e lida: 7441 vezes   
    
  
  
Advogada pede revogação da prisão de Ismael e diz que irá “provar a inocência” dele
Ismael e o primo foram indiciados por homicídio e ocultação de cadáver

Advogada pede revogação da prisão de Ismael e diz que irá “provar a inocência” dele
Advogada pede revogação da prisão de Ismael e diz que irá “provar a inocência” dele
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

A defesa de Ismael da Silva, indiciado por assassinato e ocultação de cadáver pela Polícia Civil (PC) de Cerejeiras, onde o crime ocorreu, confirmou à imprensa que pediu a revogação da prisão dele e aguarda a resposta da justiça. Ismael e o primo dele, Diego Parente foram indiciados pelo homicídio da jovem de 17 anos, Jéssica Moreira Hernandes. O corpo dela foi encontrado abandonado na zona rural do município no dia 24 de abril deste ano.

Leia: Corpo de jovem desaparecida é encontrado em Cerejeiras

A advogada Sara Eugênio de Souza, que defende Ismael, salienta que espera a conclusão de laudos periciais para pedir um habeas corpus. “Não tem nada nos autos que prove a culpa do meu cliente, somente a versão do primo, que é contraditória. Tenho certeza que vamos provar a inocência de Ismael”, enfatiza.

Já o causídico Fernando Milani e Silva, que representa Diego, confirmou que seu cliente admitiu que comprou a lona com o dinheiro de Ismael, pegou uma caminhonete emprestada e ajudou a embalar o corpo. Diego ainda confessou que limpou o sangue da casa e jogou a bicicleta da vítima dentro do poço. Mas ele nega qualquer envolvimento no assassinato e na ocultação do cadáver.

Leia: Primo confessa participação no crime de Jéssica e detalha motivos do assassinato

“Ele ajudou porque foi constrangido por Diego. Ele diz que nunca faria uma coisa dessas, tanto que contou tudo logo em seguida para polícia. Ele começaria a trabalhar no dia em que foi preso, tinha uma vida tranquila. Ele diz que foi o Ismael que matou e que escondeu o corpo”, explica o advogado.

Silva ressalta que avalia os resultados da investigação, e também aguarda o resultado de laudos para tomar as medidas necessárias no processo.

 

Prisão

Ismael e Diego estão presos desde o dia 25 de abril. Inicialmente o delegado do caso, Dr. Rodrigo Spiça solicitou ao judiciário a prisão provisória. Como o caso se trata de crime hediondo, o delegado pediu no mês de maio a prorrogação da prisão.

Com o indiciamento, o delegado soliticitou na última segunda-feira, 19, a conversão da prisão provisória em preventiva. A resposta deve sair nesta terça-feira, 20.

 

Celular da vítima

No dia 05 de junho, um celular da marca Samsung Duos branco foi encontrado por um popular, próximo ao local onde o corpo da garota foi encontrado. O aparelho foi recolhido e entregue à PC.

O delegado Rodrigo Spiça confirmou que o aparelho pertencia à vítima e o encaminhou para perícia.

 

LEIA MAIS

Objetos encontrados em poço onde jovem foi executada podem ser dos suspeitos do crime

Suspeitos pela morte da jovem de 17 anos prestam depoimento no Fórum Criminal de Cerejeiras

Delegado realiza coletiva de imprensa e aponta três suspeitos de participação na morte de Jéssica

População de Colorado e Cerejeiras cercam delegacia para tentar linchar suspeitos de matar menina Jéssica

Boatos acerca do assassinato de Jéssica Hernandez inundam redes sociais e polícia pede cautela

CASO JÉSSICA: Polícia trabalha com possibilidade de crime passional e namorado da vítima presta depoimento

Família divulga nota de falecimento de Jéssica Hernandes; sepultamento será a tarde

No dia 05 de junho, um celular da marca Samsung Duos branco foi encontrado por um popular, próximo ao local onde o corpo da garota foi encontrado. A polícia confirmou que o aparelho pertencia à vítima.

 

FONTE: Com informações do G1 Cone Sul

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.