Notícia publicada às 17:51:28 - 09/06/2017 e lida: 4382 vezes   
    
  
  
Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364
Ainda segundo Mamanny, o Dnit já está trabalhando em outros trechos da rodovia

Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364
Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

O Superintendente Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Sérgio Augusto Mamanny esteve no gabinete da prefeita Rosani Donadon (PMDB) nesta sexta-feira, 09 de junho, onde assinou o contrato de serviço para que seja iniciada a recuperação da BR-364.

Acompanhado do deputado federal Luiz Cláudio (PR-RO), Mamanny destacou que a recuperação será total no trecho que compreende a divisa de Rondônia com o Mato Grosso até o trevo que dá acesso ao município de Chupinguaia. Nesse primeiro lote serão 107 km de recuperação e a empresa responsável pela obra é a Construtora Castilho. O valor do contrato é de R$ 80 milhões o que irá gerar cerca de R$ 4 milhões em arrecadação para o município através do recolhimento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).

Ainda segundo Mamanny, o Dnit já está trabalhando em outros trechos da rodovia. A obra deve começar nos próximos dias após serem liberadas as licenças. Ele informou que a previsão é que a obra de restauração da via seja concluída até no final do ano.

Também foi assinado o contrato e ordem de serviço para recuperação da BR-174 que liga Vilhena a Juína no Mato Grosso. O valor do contrato é de R$ 5 milhões referente à recuperação do trecho já pavimentado e cascalhamento da rodovia.

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Adilson de Oliveira (PSDB) ressaltou que a manutenção da BR-364 é de suma importância para o progresso do estado e gera riqueza para Rondônia.

O deputado Luiz Cláudio que se deslocou de Brasília para acompanhar a assinatura do contrato, garantiu que os recursos para a recuperação da rodovia 364 já estão liberados. Ele destacou ainda os cerca de R$ 4 milhões que o município irá receber através do recolhimento do ISSQN. “Esse dinheiro poderá ser investido na saúde e educação de Vilhena”.

A deputado cobrou do representante da Construtora Castilho, que execute a obra de recuperação com o máximo de excelência.

O vice-prefeito Darci Cerutti (DEM) aproveitou a ocasião para agradecer o superintendente e o deputado pelo empenho para garantir a liberação do recurso. “Pra nós é motivo de muita alegria. A BR-364 é nossa ‘espinha dorsal’ e as melhorias garantem mais segurança a todos que trafegam pela rodovia”.

A prefeita Rosani Donadon também externou seus cumprimentos às autoridades presentes. “Essas obras estão vindo em boa hora. Temos trabalhado na certeza que conseguiremos desenvolver um bom trabalho em nossa gestão, para fazer a nossa cidade voltar a crescer”.

A prefeita ainda aproveitou a presença do representante de Rondônia na bancada federal, e pediu apoio para a aquisição de maquinários. “Nós hoje deputado [Luiz Cláudio] temos um déficit muito grande de máquinas. Temos conseguido avanços, inclusive na aquisição de caminhões e outras máquinas com recursos do IPTU, mas ainda é pouco. Precisamos que o senhor nos ajude”, disse Rosani Donadon.

O encontro teve ainda a presença de secretários da administração municipal e dos vereadores Carlos Suchi e Rogério Golfetto, ambos do PTN, França Silva (PV), Samir Ali (PSDB), Célio Batista (PR) e Valdete Savaris que deverá ser empossada vereadora na próxima semana.

Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364

Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364

Superintendente do Dnit vem a Vilhena para assinar ordem de serviço de recuperação da BR-364

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.