EcoMassa


      Notícia publicada às 10:24:39 - 19/05/2017 e lida: 947 vezes   
    
  
  
Carmozino pode ter mandato cassado pela segunda vez
Julgamento deve acontecer no dia 1º de junho

Carmozino pode ter mandato cassado pela segunda vez
Carmozino pode ter mandato cassado pela segunda vez
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

Carmozino Alves Moreira (PSDC), que teve o mandato de vereador cassado no início de maio, pelo juiz Gilberto José Giannasi da 4ª Zona Eleitoral de Vilhena, poderá sofrer uma segunda cassação, isso porque a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada para investigar a quebra de decorro parlamentar dele e outros dois vereadores irá ao plenário da Câmara no início de junho.

Em declarações à reportagem do VILHENA NOTÍCIAS, servidores da Casa de Leis informaram que Carmozino será submetido a julgamento por quebra de decorro parlamentar mesmo tendo sido cassado pela justiça eleitoral. “O processo da justiça eleitoral e a CPI são distintos. Ele [Carmozino] teve o mandato cassado, mas ainda responde ao processo na Câmara”, disse um servidor da Casa de Leis.

A CPI também julgará os vereadores Vanderlei Amauri Graebin (PSC) e Angelo Mariano Donadon Junior (PSD). A expectativa é que o processo seja votado em plenário na quinta-feira, 1º de junho.

Preside a CPI o vereador Carlos Suchi (PTN). O parlamentar Rafael Maziero (PSDB) é o relator e a comissão tem como membro Ronildo Macedo (PV).

 

NEGOCIOU TRATAMENTO DE SAÚDE

Na sentença que desconstituiu o mandato eletivo e anulou os votos obtidos nas eleições de 2016, o magistrado alegou que Carmozino foi flagrado em escutas telefônicas autorizadas pela justiça, negociando tratamento de saúde a eleitores em troca de votos.

 

LEIA MAIS

Vereador de Vilhena tem mandato cassado por negociar tratamento de saúde a eleitores

CPI que investiga vereadores deve ser prorrogada por 30 dias

PF conclui inquérito e MP oferece denúncia a 6 vereadores indiciados no “Esquema dos Loteamentos”

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.