EcoMassa


      Notícia publicada às 08:27:55 - 28/04/2017 e lida: 1346 vezes   
    
  
  
PRF inicia nesta sexta-feira a Operação Dia do Trabalho
A operação contará com ações de educação para o trânsito com objetivo de reduzir o número de acidentes em rodovias federais

PRF inicia nesta sexta-feira a Operação Dia do Trabalho
PRF inicia nesta sexta-feira a Operação Dia do Trabalho
Foto: Renato Spagnol

Por
Redação

A Superintendência de Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, volta a intensificar a fiscalização ao longo das rodovias federais que cortam o estado de Rondônia e sul do Amazonas. A operação tem início a partir da zero horas desta sexta-feira, 28 de abril, e o esquema especial se estenderá até as 23h59 de segunda-feira, 1º de maio.

A Operação Dia do Trabalho contará com ações de educação para o trânsito com objetivo de reduzir o número de acidentes, além de promover segurança e fluidez do trânsito aos usuários das rodovias federais. Também serão realizadas ações operacionais direcionadas para o combate à criminalidade.

Para oferecer maior segurança aos usuários que trafegam pelas rodovias federais que cortam o nosso Pais, durante os quatro dias de operação, a PRF contará com viaturas, motocicletas, aparelhos de etilômetro – também conhecido como bafômetro, radares portáteis e demais equipamentos que possam auxiliar na fiscalização. Haverá reforço na fiscalização de motocicletas, com foco nas infrações que potencializam a ocorrência de acidentes e sua gravidade como uso e regularidade do capacete, equipamentos obrigatórios, sistema de iluminação e habilitação.

Em Rondônia, uma ação integrada que contará com os policiais lotados na 2 e 3ª Delegacia, Seção de Policiamento e Fiscalização e Núcleo de Operações Especiais da PRF em Rondônia com representantes dos órgãos Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Ministério Público do Trabalho – MPT/RO e o MTE - Ministério do Trabalho e Emprego, será também realizada no período.


Maio Amarelo – Na segunda-feira (1º de maio), a PRF também iniciará a campanha Maio Amarelo, que prevê várias ações coordenadas com o objetivo de reduzir mortes no trânsito. A Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu a década 2011 – 2020 como a Década de Ações pela Segurança no Trânsito, convocando todos os países signatários da Resolução, entre eles o Brasil, para desenvolver ações para redução de 50% de mortes em 10 anos.

Educação para o trânsito – Além do patrulhamento ostensivo, a PRF também promoverá ações educativas buscando sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. Em alguns postos, o condutor será convidado a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas. Os motoristas têm a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos.

Nos últimos dois feriados, Semana Santa e Tiradentes, a PRF registrou um número elevado de flagrantes de alta velocidade nas rodovias federais do País. Durante os quatro dias da Semana Santa, foram 60 mil condutores trafegando com velocidade superior à permitida. Já no feriado de Tiradentes, 59 mil flagrantes de excesso de velocidade. Somando as duas datas comemorativas, o órgão também contabilizou mais de dois mil acidentes.


Viaje com segurança – A PRF recomenda algumas condutas aos motoristas com objetivo de evitar acidentes como: respeitar as placas de sinalização, em especial os limites de velocidade; fazer revisões periódicas do veículo e conferir o funcionamento dos equipamentos obrigatórios; planejar a viagem e evitar dirigir com pressa, cansado ou com sono; manter uma distância mínima de segurança em relação aos demais veículos; em caso de chuva, redobrar os cuidados e reduzir a velocidade.

 

 

 

FONTE: Assessoria de Imprensa da PRF

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.