EcoMassa


      Notícia publicada às 21:37:05 - 25/04/2017 e lida: 27610 vezes   
    
  
  
Delegado realiza coletiva de imprensa e aponta três suspeitos de participação na morte de Jéssica
Os três foram presos temporariamente.

Delegado realiza coletiva de imprensa e aponta três suspeitos de participação na morte de Jéssica
Delegado realiza coletiva de imprensa e aponta três suspeitos de participação na morte de Jéssica
Foto: Reprodução

Por
Thalita Defacci

O Delegado da Polícia Civil Rodrigo Spiça cedeu uma coletiva de imprensa no início da noite desta terça-feira, 25 de abril, esclarecendo a prisão do namorado da jovem que foi encontrada assassinada nesta segunda-feira, 24, na cidade de Cerejeiras, também esclareceu a prisão do primo do namorado juntamente com a mulher.

Segundo o delegado, através da análise de alguns dados próprios de investigação, chegaram aos três suspeitos de terem participação no homicídio. A Polícia Civil está atrás de todas as possibilidades e nenhuma informação pode ser descartada, tanto que o delegado esclarece que um filtro foi realizado e algumas declarações acabaram prejudicando o andamento da investigação durante o dia de hoje.

Os três suspeitos possuem indícios de terem participação no crime e através do Juíz, um pedido de mandado de prisão temporária foi expedido, para manter a integridade dos indivíduos e o andamento coerente da operação.  

Nesta manhã de terça-feira, 25 de abril, a polícia esteve na residência do indivíduo identificado como Ismael, sendo ele o namorado de Jéssica Hernandes, 17 anos, que foi encontrada morta com requintes de crueldade na cidade de Cerejeiras.

Foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil, Ismael, Diego que é primo, juntamente com a mulher dele, para prestarem esclarecimentos e auxiliar nas investigações sobre o caso de assassinato. Durante toda a tarde eles prestaram depoimento e sem abertura de muitas informações para a imprensa, as autoridades seguiram com os três para a cidade de Vilhena.

A população ficou em revolta com o caso e centenas de pessoas se reuniram em frente a Delegacia de Polícia Civil e logo depois foram para a Unidade Penal, onde pediam para que “jogassem” os suspeitos para fora da unidade.

A Polícia Civil pede o apoio e a compreensão da cidade para que não atrapalhe o andamento da investigação e declara que as diligências irão continuar para que os responsáveis pelo assassinato sejam confirmados e fiquem à disposição da justiça.

 

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.