Notícia publicada às 23:41:35 - 18/04/2017 e lida: 724 vezes   
    
  
  
Acusado de matar homem a golpes de canivete é condenado a 12 anos de prisão
Homicídio aconteceu em janeiro de 2016 em um bar do distrito Vitória da União em Corumbiara. No crime, tratorista perfurou seis vezes o corpo da vítima, segundo laudo.

Acusado de matar homem a golpes de canivete é condenado a 12 anos de prisão
Acusado de matar homem a golpes de canivete é condenado a 12 anos de prisão
Foto: Ilustrativa

Por
Redação

Um tratorista de 28 anos foi condenado a 12 anos de reclusão por matar a golpes de canivete um jovem de 22 anos durante uma briga de bar em Vitória da União, distrito de Corumbiara, em 16 de janeiro de 2016. O julgamento aconteceu na última segunda-feira (17), no Plenário do Tribunal do Júri de Cerejeiras (RO).

Segundo o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), durante o processo, o réu chegou a confessar a autoria do crime alegando que a vítima havia iniciado as agressões o golpeando com um taco de sinuca na cabeça. Em seguida, para tentar impedir que fosse novamente atingido, utilizou um canivete e o feriu.

Porém, o dono do bar disse que testemunhou a ação e que quando o jovem foi atingido pelo tratorista, ele estava de costas e não tentando agredir o réu. Após o crime, o laudo tanatoscópico constatou que a vítima morreu devido a seis golpes de facada que levou, sendo dois deles efetuados nas costas.

O acusado cumprirá 12 anos de prisão inicialmente em regime fechado. Na sessão, o juiz entendeu que não há causas para diminuição ou aumento da pena.

 

 

FONTE: G1/Vilhena

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.