Notícia publicada às 15:24:10 - 12/04/2017 e lida: 547 vezes   
    
  
  
Após requerimento de vereador Rogério Golfetto, secretário de saúde vai à Câmara para dar explicações sobre a situação
Sabatina durou mais de uma hora e meia.

Após requerimento de vereador Rogério Golfetto, secretário de saúde vai à Câmara para dar explicações sobre a situação
Após requerimento de vereador Rogério Golfetto, secretário de saúde vai à Câmara para dar explicações sobre a situação
Foto: Reprodução

Por
Redação

O vereador Rogério Golfetto (PTN) teve aprovado o requerimento onde pedia a presença do secretário de saúde, Marco Aurélio Vasques, no plenário da Câmara de Vereadores para dar explicações a respeito da situação da saúde em Vilhena.

Com o auditório da Casa de Leis lotado, os vereadores sabatinaram o secretário Vasques que respondeu a diversas questões e dúvidas de todos os vereadores. O foco inicial dos questionamentos foi a situação de medicamentos e atendimento do Hospital Regional.

Vasques relatou que desde o dia 15 de março a farmácia do hospital tem um software de gestão que permite saber quando um medicamento entra e sai e quanto há no estoque, além de registrar em qual paciente foi aplicado e qual dose foi ministrada.

O vereador Rogério Golfetto inquiriu o secretário sobre a falta de médicos no Regional, que tanto é citada pelos usuários. Vasques respondeu que realmente havia uma grande falta de profissionais, e ainda existe, em algumas especialidades. No entanto, a solução foi realizar um concurso público, onde o problema foi praticamente solucionado com a contratação efetiva de médicos e as escalas de atendimento foram fechadas.

Vasques foi perguntado quando seria o prazo máximo, para que todas as deficiências fossem sanadas no Hospital Regional e no sistema de saúde municipal. O secretário foi enfático em dizer que a situação estava muito complicada quando a nova gestão assumiu, no entanto, é necessário mais meses, “Temos uma emenda de cerca de R$ 700 mil revertida em medicamentos que deverá pôr fim aos problemas de remédios, material penso e demais necessidades. Mas acredito que estaremos com tudo funcionando em meados de junho”, declarou o secretário.

Por fim, o secretário agradeceu a atenção de todos os presentes, e que sempre estará disponível a atender as solicitações dos vereadores e da população.

Rogério Golfetto salientou que o requerimento para o secretário vir até a Câmara dar explicações advém do grande número de reclamações sobre o sistema de saúde municipal, que ele e os demais vereadores ouviram no começo do ano.

“Vamos apoiar em tudo o que for preciso a saúde do município, mas precisamos que a população sinta a melhora, somos fiscais do povo”, encerrou Golfetto.

 

 

FONTE: DECOM - Câmara de Vilhena

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.