EcoMassa


      Notícia publicada às 17:03:36 - 27/03/2017 e lida: 1194 vezes   
    
  
  
Metrô usa assento com pênis para conscientizar sobre assédio sexual
Além do membro, o lugar conta também com um tem peitoral, curvas e um umbigo.

Metrô usa assento com pênis para conscientizar sobre assédio sexual
Metrô usa assento com pênis para conscientizar sobre assédio sexual
Foto: Divulgação

Por
Redação

O metrô da Cidade do México criou um "assento de pênis" para conscientizar homens sobre assédio sexual a mulheres nos vagões. Além do membro, o lugar conta também com um tem peitoral, curvas e um umbigo.

A campanha contra assédio tem como intuito ilustrar que todas as pessoas têm o direito de viajarem em segurança no transporte público, sem que ninguém interfira nisso com comentários sexuais ou tentativas de assédio físico.

Um vídeo da campanha mostra homens desatentos sentando no assento especialmente reservado para eles. Eles só se levantam ao perceberem algo diferente, assustados e imediatamente desconfortáveis.

No chão, em frente ao "assento de pênis", uma mensagem: "É desconfortável sentar aqui, mas não se compara com a violência sexual que mulheres sofrem todos os dias de suas vidas". 

As imagens terminam revelando uma estatística impressionante: 9 em cada 10 mulheres na Cidade do México são vítimas de alguma forma de assédio sexual. 

Essa não é a primeira vez que o metrô da Cidade do México lança uma campanha com o mesmo objetivo. Recentemente uma ação contra assédio nas estações filmava, em tempo real, partes íntimas dos corpos masculinos e mandavam para o televisor instalado na plataforma. As imagens eram constrangedoras e alertavam aos homens o quanto também é constrangedor ficar olhando para os corpos das mulheres. 

 

 

 

FONTE: Rede TV Notícias

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.