Notícia publicada às 09:48:59 - 24/03/2017 e lida: 14418 vezes   
    
  
  
JBS confirma que Friboi de Vilhena interrompeu produção de carne bovina; empresa tem 1.270 funcionários
A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil.

JBS confirma que Friboi de Vilhena interrompeu produção de carne bovina; empresa tem 1.270 funcionários
JBS confirma que Friboi de Vilhena interrompeu produção de carne bovina; empresa tem 1.270 funcionários
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

A assessoria de comunicação da JBS em São Paulo (SP) confirmou ao VILHENA NOTÍCIAS nesta sexta-feira, 24 de março, que a unidade da empresa, a Friboi de Vilhena interrompeu a produção da carne bovina. 
 
Na quinta, 23, a JBS havia enviado comunicado à imprensa nacional informando que 33 das 36 unidades que a empresa mantém no Brasil, estavam interrompendo a produção da carne bovina. Em Vilhena, a Friboi que pertence ao grupo JBS possui 1.270 funcionários diretos, segundo informou à reportagem o setor de RH da empresa.
 
A JBS informou ainda, que para próxima semana, todas as unidades voltam a operar, mas com uma redução de 35% da sua capacidade produtiva. “Essas medidas visam ajustar a produção até que se tenha uma definição referente aos embargos impostos pelos países importadores da carne brasileira. A JBS ressalta que está empenhada na manutenção do emprego dos seus 125 mil colaboradores em todo o Brasil”. 
 
A operação “Carne Fraca” deflagrada na última sexta, 17, pela Polícia Federal (PF),  investiga corrupção de fiscais do Ministério da Agricultura, suspeitos de receberem propina para liberar licenças de frigoríficos.  Além de corrupção, a PF também apura a venda, pelos 21 frigoríficos investigados, de carne vencida ou estragada, dentro do Brasil e no exterior. Os frigoríficos negam as acusações.
 
A operação atingiu de imediato o setor produtivo de Rondônia, que tinha como maior comprador, Hong Kong. O país asiático anunciou a suspensão da compra de carne bovina brasileira nessa semana. Hong Kong era responsável pela compra de 40% da produção do estado.
 

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.